• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Valores recebidos por candidatos ao Senado e governo do ES somam mais de R$ 5 milhões

Eleições 2018

  • COMPARTILHE
Política

Valores recebidos por candidatos ao Senado e governo do ES somam mais de R$ 5 milhões

Juntos, os candidatos que já declararam somam um total de R$ 5.066.293,76. Os dados estão disponíveis no site Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais

Foto: Reprodução

Os candidatos aos cargos do governo do Estado e ao Senado Federal pelo Espírito Santo já receberam pouco mais de R$ 5 milhões para uso em campanha. Os dados foram obtidos após consulta no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na plataforma de 'Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais'. O levantamento foi atualizado na manhã desta quarta-feira (29).

Dentre os candidatos ao governo do Estado, apenas Manato (PSL) e Rose de Freitas (PODE) já declararam os valores ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As doações são provenientes de Pessoas Físicas e do Fundo Partidário, respectivamente.

Já entre os candidatos ao Senado, Magno Malta (PR), Ricardo Ferraço (PSDB) e Ulisses Pincelli (NOVO) são os únicos com valores declarados no site. O candidato do PR recebeu o maior valor do Fundo Partidário: R$ 2 milhões. Já Ferraço soma doações do Fundo Partidário, de Pessoas Físicas e de Financiamento Coletivo, em um total de R$ R$ 1.910.699,00. Pincelli, por sua vez utiliza R$ 5 mil de recursos próprios e R$ 594,76 via Recursos de Origem Não Identificadas (RONIs).

Juntos, os candidatos que já declararam somam um total de R$ 5.066.293,76. No endereço eletrônico também estão disponíveis os dados dos candidatos a deputados Estaduais e Federais, além de Presidente.

Candidatos ao Governo

André Moreira (PSOL)

Não há prestações declaradas

Jackeline Rocha (PT)

Não há prestações declaradas

Manato (PSL)

Recebeu R$ 10 mil em doação de Pessoas Físicas

Gastos de R$ 5.200 em materiais para campanha

Professor Aridelmo Teixeira (PTB)

Não há prestações declaradas

Renato Casagrande (PSB)

Não há prestações declaradas

Rose de Freitas (PODE)

Recebeu doação de R$ 1 milhão do fundo partidário

Candidatos ao Senado

Célia Tavares (PT)

Não há prestações declaradas

Fabiano Contarato (REDE)

Recebeu R$ 140 mil do fundo partidário

Helder Carnelli (PTB)

Não há prestações declaradas

Liu Katrine (PSOL)

Não há prestações declaradas

Magno Malta (PR)

Recebeu R$ 2 milhões do fundo partidário

Gastos de R$ 90 mil em materiais para campanha

Marcos do Val (PPS)

Não há prestações declaradas

Mauro Ribeiro (PCB)

Não há prestações declaradas

Ricardo Ferraço (PSDB)

Recebeu o total de R$ 1.910.699,00, proveniente do fundo partidário (R$ 1 milhão), de doações de Pessoas Físicas (R$ 900 mil) e de Financiamento Coletivo (R$ 10.699)

Declarou um total de gastos de R$ 301.029,00 em serviços terceirizados, locação de imóveis, material para campanha, impulsionamento de conteúdos e combustível.

Rogério Bernardo (PMB)

Não há prestações declaradas

Subtente Assis (PSL)

Não há prestações declaradas

Ulisses Pincelli (NOVO)

Recebeu um total de R$ 5594,76, sendo R$ 5 mil de recursos próprios e o restante (R$ 594,76) via Recursos de Origem Não Identificadas (RONIs)

Os dados completos de todos candidatos estão disponíveis no site de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais