• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Clima de agradecimento em último programa eleitoral de candidatos na GV

Política

Clima de agradecimento em último programa eleitoral de candidatos na GV

Último programa na TV, que acontece nesta quinta-feira, será marcado por agradecimentos dos candidatos a prefeito de Vitória e Vila Velha

Data segue calendário definido pelo TSE Foto: Reprodução

Esta quinta-feira (29) será o último dia para a divulgação da propaganda eleitoral no rádio e na televisão, segundo o calendário das eleições 2016 definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para a data, a maioria dos candidatos a prefeito de Vitória e Vila Velha preparou um programa de TV de agradecimento à população das duas cidades.

Prefeito e candidato à reeleição na capital, Luciano Rezende (PPS) terá um programa eleitoral simples, segundo sua assessoria de campanha. Na oportunidade, o candidato do PPS agradecerá a todos os colaboradores e pedirá votos.

Lelo Coimbra (PMDB) afirma que manterá o tom de propostas para a cidade e o debate de ideias. "O último programa é sempre mais emocional e intenso. Vamos aprofundar o debate sobre o futuro de Vitória", diz.

Amaro Neto (SD) preferiu não revelar o teor do último programa, fazendo suspende. Já a direção de campanha de Perly Cipriano (PT) afirmou que seguirá a lógica pelo 'diálogo', 'democracia' e de denúncia ao 'golpe', nos mesmos moldes dos demais programas.

Em Vila Velha, Rafael Favatto (PEN) promete seguir o mesmo ritmo das outras apresentações, com pedidos de votos e agradecimento. O programa de Max Filho (PSDB), por sua vez, promete rememoração dos 45 dias da campanha. Ao final, deve convocar a todos para "se unir e construir uma cidade melhor".

Já Neucimar Fraga (PSD) também irá fazer um programa de gratidão às pessoas que abraçaram sua campanha  o receberam nos bairros da cidade canela-verde.

A quinta-feira (29) ainda será o último dia para outros tipos de atividade de campanha. Ficam proibidos, a partir de então, reuniões públicas ou promoção de comícios e utilização de aparelhagem de sonorização fixa, entre as 8 e as 24 horas, com exceção do comício de encerramento da campanha, que poderá ser prorrogado por mais duas horas.

Também é a data limite para a realização de debate no rádio e na televisão, admitida a extensão do debate cuja transmissão se inicie nesta data e se estenda até as 7 horas do dia 30 de setembro.