• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bolsonaro é esfaqueado durante ato de campanha e levado a hospital em MG

Eleições 2018

  • COMPARTILHE
Política

Bolsonaro é esfaqueado durante ato de campanha e levado a hospital em MG

Antes do ataque, tumultos, tensão e bate-boca marcaram a visita do presidenciável a um hospital

Após confusão em Juiz de Fora (MG), a agenda de Jair Bolsonaro (PSL) é interrompida depois de o candidato ser esfaqueado. O presidenciável foi levado para o hospital.

Antes do ataque, tumultos, tensão e bate-boca marcaram a visita do presidenciável ao hospital filantrópico da Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer (ASCOMCER) e também um almoço com o candidato em um hotel em Juiz de Fora, Minas Gerais, nesta quinta-feira, 6.

Pacientes idosos em tratamento contra a doença tiveram dificuldade para entrar na unidade, devido a um cordão de isolamento feito por integrantes de um movimento conservador da cidade. Vestidos de preto, eles se diziam policiais e afirmavam fazer "segurança voluntária" do candidato. 

Prisão

A Polícia Federal informou em nota que o candidato à Presidência da República, Jair Messias Bolsonaro, contava com a escolta de policiais federais quando foi atingido por uma faca durante um ato público na cidade de Juiz de Fora/MG.

O agressor foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia da PF naquele município. Foi instaurado inquérito policial para apurar as circunstâncias do fato.

Agressor

De acordo com as autoridades, o suspeito se chama Adelio Bispo de Oliveira, de 40 anos, e é natural da cidade de Montes Claros (MG).  Ainda de acordo com a PM, o homem teria confessado o crime. Ele foi levado à Delegacia da Polícia Federal de Juiz de Fora, que investigará o caso. O advogado do suspeito e familiares dele ainda não foram encontrados.