• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Clima de despedida, agradecimento e críticas na Assembleia do Estado após eleição

Política

Clima de despedida, agradecimento e críticas na Assembleia do Estado após eleição

Não houve quórum suficiente para realizar votações na Assembleia Legislativa do Espírito Santo um dia após a realização das eleições no último domingo

Não houve quórum suficiente para votação no plenário durante sessão desta segunda-feira. Foto: Divulgação

Sem quórum para votação de projetos na primeira sessão realizada na Assembleia Legislativa após a eleição do último domingo (5), o clima no plenário foi de agradecimento, críticas e despedida dos deputados reeleitos e também daqueles que não conseguiram novo mandato em 2015. Dos 30 parlamentares, apenas 16 estavam presentes. 

O deputado Roberto Carlos (PT), derrotado nas urnas na disputa pelo Governo do Estado, disse que aprendeu muito durante o período que esteve na Casa e que vai levar para sempre a experiência vivida no plenário. 

“Aprendi muito, pude representar o povo capixaba. Fazer amigos, acho que não fizemos inimigos, e vou continuar honrando o voto que os capixabas nos concederam em 2010”. 

Os deputados Marcelo Santos (PMDB) e Euclério Sampaio (PDT), ambos reeleitos, pediram rigor na apuração da denúncia de um casal que foi preso com R$ 190 mil que seriam utilizados para compra de votos no município de Itapemirim, sul do Espírito Santo

O peemedebista pediu que a Mesa envie um ofício à Polícia Federal pedindo que apure o envolvimento dos culpados nesse crime.  Euclério reforçou o pedido e disse que esse dinheiro provavelmente saiu da saúde, segurança e educação. “Os culpados têm que aparecer e serem punidos”, disse. 

A deputada Janete de Sá (PMN), reeleita para novo mandato e que foi inocentada da acusação de improbidade por ter utilizado carro oficial para comprar bebida em um posto de combustível, disse que sofreu injustiças durante seu mandato. 

“Mas Deus existe e mostrou que ele não permite que façam mal aos justos. Vou continuar aqui honrando cada voto com muita responsabilidade, com zelo e ética”.

Sem citar nomes, o deputado reeleito Sandro Locutor (PPS) disse que algumas forças não quiseram que ele continuasse na Casa, mas “o povo com a proteção de Deus estendeu suas mãos para mim”. 

Novos deputados
Dos 30 deputados estaduais eleitos no Espírito Santo, quatro são do PMDB, partido de Paulo Hartung, eleito no último domingo (5), o novo governador do Estado. O mais votado, no entanto, foi o jornalista Amaro Neto ( PPS), eleito com 55.408 votos. Ao todo, 14 deputados foram reeleitos. Clique aqui e confira a lista completa dos novos deputados para 2014.