Presidente da CTB-MG diz que irá às ruas quanto for necessário contra impeachment

Política

Presidente da CTB-MG diz que irá às ruas quanto for necessário contra impeachment

Redação Folha Vitória

Belo Horizonte - O presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) em Minas, Marcelino Rocha, afirmou que outras manifestações como a deste sábado vão ocorrer sempre que houver ameaça à quebra da ordem constitucional, afirmou, se referindo à tentativa de articulação da oposição pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). "Vamos ocupar as ruas quantas vezes for necessário", disse.

A CTB é uma das centrais sindicais que participam da Frente Brasil Popular, que realiza em Belo Horizonte e outras cidades do País manifestação pela democracia, contra o ajuste fiscal e em defesa da Petrobras, que hoje completa 62 anos.

Nesse momento, segundo informações da Polícia Militar, cerca de 150 pessoas estão na Praça da Rodoviária, Região Central de Belo Horizonte, local do protesto na cidade. No início da tarde, os manifestantes fazem passeata até a Praça Sete, seguindo a rua Caetés, entrando pela avenida Amazonas, um trajeto de aproximadamente 600 metros.