• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Hartung pede que prefeitos se preparem para enfrentar dificuldades em 2015

Política

Hartung pede que prefeitos se preparem para enfrentar dificuldades em 2015

Expectativa dos 71 prefeitos que se reuniram com Hartung nesta quarta era receber um sinal de apoio financeiro, mas equipe de transição alega que Estado está endividado

Hartung se reuniu com 71 prefeitos nesta quarta-feira Foto: Aghata Avanza/TV Vitória

O governador eleito Paulo Hartung (PMDB) se reuniu nesta quarta-feira (03) com prefeitos de 71 municípios do Espírito Santo. No encontro, realizado em um hotel na orla de Vila Velha, a Associação de Municípios do Espírito Santo (Amunes) apresentou ao futuro governante os principais problemas que as cidades enfrentarão nos próximos anos. 

A expectativa dos prefeitos era receber um sinal de apoio financeiro de Hartung. No entanto, a equipe de transição do governo apresentou um estudo pouco animador da situação atual do Estado: o Espírito Santo está endividado e não possui recursos próprios para investir nos municípios.

Em seu discurso, Paulo Hartung se comprometeu a apoiar os municípios. Porém orientou os prefeitos a se prepararem para anos difíceis, de muito trabalho. O governador eleito demonstrou confiança e disse que, no primeiro ano de mandato, seu objetivo será reestruturar a casa.

De acordo com o relatório apresentado pela equipe de transição de Paulo Hartung, até o fim de 2014 o caixa do governo estará vazio. O estado tem R$ 300 milhões em dívidas contratadas até o final de dezembro e possui o mesmo valor e poupança para quitar esse débito. 

Mesmo diante desse cenário, a associação dos municípios está otimista. Segundo a Amunes, entre as áreas mais necessitadas de recursos do Governo Estadual estão a saúde, o saneamento básico e a educação. "Foi uma troca de pensamentos e uma oportunidade de iniciar um processo de interlocução. O governador eleito demostrou que está à disposição e quer apoio de todos para participar de um projeto integrado de desenvolvimento do Estado", disse o presidente da Amunes, Dalton Perim.

Segundo ele, os prefeitos já enfrentam uma série de dificuldades por conta do fim do Fundap e outras situações que têm criado despesas para os Executivos. “Percebemos que esse é um cenário nacional e que naturalmente todos devem ficar atento de forma a estabelecer prioridades, mas creio que isso não vai parar nem o Estado e as prefeituras”, disse. 

A assessoria do Governo do Estado, através de informações da Secretaria da Fazenda, informou, por telefone, que as informações divulgadas pelo governador eleito, Paulo Hartung, estão equivocadas. Tanto com valor da dívida do Estado, quanto o dinheiro disponível em caixa.