Presidente do Conselho acionará Corregedoria por causa de tapas durante sessão

Política

Presidente do Conselho acionará Corregedoria por causa de tapas durante sessão

Redação Folha Vitória

Brasília - O presidente do Conselho de Ética da Câmara, José Carlos Araújo (PSD-BA), informou que acionará a Corregedoria da Casa por causa da briga entre os deputados Wellington Roberto (PR-PB) e Zé Geraldo (PT-PA).

"O Conselho de Ética não é palco de briga nem de esforço físico. É palco de conversa, diálogo, entendimento. Não pode ser ringue de luta livre. É um absurdo. Vou encaminhar à Corregedoria para tomar as devidas providências", afirmou Araújo. A confusão entre os deputados começou com bate-boca. O petista referiu-se à tropa de choque do presidente da Câmara como "a turma do Cunha", o que irritou o deputado do PR.

Os dois deputados trocaram tapas e, apartados por colegas e seguranças, continuaram a discutir. "Você mete a mão em mim. Me respeite. O senhor chamou de moleque todo mundo aqui, de turma do Cunha. Quem tem turma é ladrão", disse o deputado do PR. "Fale o que quiser. Aceito tudo, menos você me tocar", afirmou Zé Geraldo também aos gritos. "Macho nenhum vai tocar em mim", bradou Wellington Roberto.