Portaria para migração de rádios AM para FM atende demandas do setor, diz Dilma

Política

Portaria para migração de rádios AM para FM atende demandas do setor, diz Dilma

Dilma lembrou que o Brasil tem 1.781 emissoras de rádio AM em operação e que a maioria é de pequeno porte, mas leva entretenimento e informação para todos os cantos do País

Redação Folha Vitória
A presidente apontou ainda que o processo de migração da frequência AM para a FM depende do fim do sinal analógico  Foto: Agência Brasil

São Paulo - A presidente Dilma Rousseff participou nesta terça-feira, 24, da assinatura da portaria que define os critérios para a migração das rádios AM para FM, em cerimônia em Brasília. Segundo ela, o documento atende demandas do setor e deve colaborar para a sustentabilidade econômica das emissoras e também a melhora dos serviços prestados à população.

Dilma lembrou que o Brasil tem 1.781 emissoras de rádio AM em operação e que a maioria é de pequeno porte, mas leva entretenimento e informação para todos os cantos do País, por isso devem ser incentivadas. "A definição dos preços de outorga foi complexa, pois exige lidar com preços de diferentes mercados e emissoras de diversos tamanhos e características", comentou.

A presidente apontou ainda que o processo de migração da frequência AM para a FM depende do fim do sinal analógico de TV, que vai liberar canais para as rádios. Ela comentou que tudo está sendo elaborado em conjunto pelo Ministério das Comunicações, até mesmo para não prejudicar a transmissão dos Jogos Olímpicos de 2016, que serão realizados no Rio de Janeiro.

"Vivemos um mundo em transformação. A nuvem, os big data, a internet das coisas irão transformar o mundo nos próximos dez anos", apontou a presidente.

Segundo o Ministério das Comunicações, das 1,8 mil emissoras AM em operação no Brasil, 1,4 mil pediram para mudar para o FM. Cerca de 1 mil veículos poderão mudar já em 2016 para a nova faixa, enquanto os 400 restantes terão de aguardar a liberação do espaço que vai ocorrer com a digitalização da TV.