• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Varizes pélvicas são comuns em mulheres, principalmente na gestação

Saúde

Varizes pélvicas são comuns em mulheres, principalmente na gestação

Alterações ligadas à fatores hormonais geram uma síndrome de congestão venosa, que causam transtorno na vida da mulher

Foto: Pixabay
Compressa de água quente ajuda amenizar as dores causadas pelas varizes. 

As varizes podem aparecer em várias partes do corpo. Especialmente nas mulheres, próximo ao útero, surgem as varizes pélvicas. O quadro pode vir acompanhado de desconforto durante o ato sexual, aumento do fluxo menstrual, varizes vulvares e hemorroida.

"As varizes pélvicas são caracterizadas pelo processo de dilatação das veias que ficam ao redor do útero e ovário. Podem causar dor no baixo ventre, sensação de peso, cansaço nas pernas após longos períodos em pé, varizes dos membros inferiores – principalmente na coxa e próximas ao glúteo”, explica a cirurgiã vascular, Laila Reggiani.

Alterações ligadas à fatores hormonais geram uma síndrome de congestão venosa, que causam um transtorno muito grande na vida da mulher.  As varizes pélvicas podem aparecer por conta da gestação - pela maior dilatação venosa na região, por fatores ligados a genética, ou em idade mais avançada, quando há certa fragilidade da parede da veia.

“Para o acompanhamento dessas varizes é preciso passar em consulta com um cirurgião vascular. Geralmente iniciamos a investigação com a Ultrassonografia Doppler Transvaginal. É importante o reconhecimento dos sinais e sintomas”, enfatiza Laila.

O tratamento pode ser clínico, cirúrgico ou endovascular. O uso de meia elástica e atividade física têm impacto positivo na maioria dos casos.