Vitória vai ampliar horário e equipes em seis postos para atender pacientes com gripe

Saúde

Vitória vai ampliar horário e equipes em seis postos para atender pacientes com gripe

A medida é uma tentativa de desafogar os Pronto Atendimentos e atender a alta demanda de pacientes com sintomas respiratórios por conta da epidemia de gripe

Foto: Divulgação / Sesa

Como medida para desafogar os atendimentos de pacientes com sintomas respiratórios em Pronto Atendimentos, a Prefeitura de Vitória anunciou que seis unidades de saúde da Capital terão seus horários de atendimento ampliados. A mudança começa a valer já nesta quarta-feira (05). 

Além da alteração de horário, que agora passa a ser das 7h às 19h, as seis unidades vão funcionar também durante os finais de semana e feriados. 

A decisão, segundo o prefeito Lorenzo Pazolini, foi motivada para que a população possa ser atendida de forma mais rápida e mais perto de casa. 

Unidades que terão ampliação de horário:

>> Praia do Suá
>> Conquista/Nova Palestina
>> Maria Ortiz
>> Jardim Camburi 
>> Maruípe
>> Santo Antônio

De acordo com a prefeitura, ainda haverá um aumento no número de profissionais nessas unidades. 

Serão 166 novos trabalhadores e estima-se que este aumento contribuirá para que sejam realizados mais 4,3 mil atendimentos nos locais. 

Epidemia de influenza 

A procura por atendimento médico de pessoas com sintomas gripais é grande na Região Metropolitana do Espírito Santo. Até o dia 29 de dezembro, somente em Vitória, segundo a prefeitura, haviam 38 pacientes internados nos Pronto Atendimentos do município, aguardando transferência por meio da Central de Vagas do governo do Estado.

Nos últimos dias de 2021, diante da epidemia da gripe, foram suspendidas as consultas eletivas nas unidades de saúde da Grande Vitória para focar nos pacientes com sintomas respiratórios e gripais.

Aumenta o número de mortes 

Subiu para oito o número de mortos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) causada pela Influenza no Espírito Santo somente nas últimas semanas. Os casos foram confirmados pela Secretaria de Estado da Saúde na tarde desta terça-feira (04). 

No último dia 28, a Sesa informou que seis capixabas tinham morrido nas últimas semanas de dezembro, vítimas da gripe no Estado.

Entre os mortos divulgados nesta terça-feira, estão: 

1 paciente acima de 90 anos;

2 de 80 a 89 anos;

3 de 70 a 79 anos;

1 de 40 a 49 anos

e 1 de 60 a 70 anos

Dos 8 mortos, quatro moravam em Cariacica, dois em Vitória, um na Serra e um em Cachoeiro de Itapemirim.

A Sesa disse que, até o momento, das 17.859 mil amostras de casos suspeitos de síndrome gripal foram registrados 840 casos de Influenza tipo A. 

Sem registro da variante Darwin no ES

A pasta aguarda resultados de sequenciamentos genéticos de amostras que foram encaminhadas à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). 

Desta forma, ainda não há registro da nova cepa de gripe, a Darwin, no Espírito Santo. Ela é uma linhagem do vírus H3N2 e está causando epidemia de gripe em outros Estados do país.