Saúde

Hospitais suplicam doações de sangue antes do Carnaval

Leva apenas alguns minutos pode salvar até quatro vidas

Foto: Divulgação
Doações estão abaixo da metade esperada. 

Carnaval chegando, não podemos deixar de arrumar a fantasia, ver os horários dos blocos e separar os confetes. Mas antes, é muito importante doar sangue. É o que recomenda a assistente social e responsável pela captação de doadores do Banco de Sangue do Hospital Evangélico, Tatiana Alemonge. 

“Atualmente estamos com um estoque considerado regular para atender as demandas do Hospital e dos municípios conveniados que são 16 as unidades transfusionais do Sul do Estado, atendidas pelo banco de sangue do Hospital Evangélico”, explica.

No momento o quantitativo do Banco de Sangue é de 80 unidades de concentrados de hemácias O positivo. O ideal seria 120; 60 unidades de concentrados de hemácias A positivo, 40 a menos que o número ideal; 15 unidades de concentrados de hemácias A negativo, quando o ideal seria 45 unidades e apenas sete unidades de concentrados de hemácias O negativo, sendo que deste fator seria de 30 unidades. 

“O Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim é referência em cardiologia, maternidade de alto risco e atendimento oncológicos, inclusive leucemias e outras doenças do sangue. Então é muito importante estar com o estoque sempre suficiente para atender a todas essas e outras demandas", disse Tatiana. 

Para doar 

É necessário, primeiramente estar bem de saúde e não ter apresentado febre nos últimos dias. Comparecer ao banco de sangue com documento oficial com foto. Ter entre 18 e 61 anos para primeira doação (se tiver 16 ou 17 anos é necessário apresentar declaração, fornecida pelo setor de banco de sangue, ser preenchido por representante legal, pai ou mãe, e trazer documento do responsável que preencheu o documento (esse documento também está disponível no site do Hospital Evangélico). “Não precisa estar em jejum, porém orientamos evitar leite e derivados. Quem doar após o almoço precisa ter duas horas de intervalo “, explica Tatiana.

No mais, o doador passa por duas triagens, momento em que é avaliado se está apto para doação. Então antes de pegar a fantasia, passa no Banco de Sangue e faça sua doação. O Serviço funciona de segunda a sexta das 07h às 16h e aos sábados das 07h às 11h. 

Solidariedade

Um grupo de homens e mulheres de Iconha dedica um sábado a cada três meses para vir ao Hospital doar sangue. “Eu senti no meu coração que era preciso me tornar doador e passei isso para os amigos que sentiram também. Hoje temos esse grupo de mais ou menos 15 pessoas e colocamos isso como padrão em nossas vidas”, disse Fred Menegueli, um dos fundadores do grupo dos Doadores de Iconha.

Pontos moeda