• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Prevenção e combate à sífilis em Venda Nova

Saúde

Prevenção e combate à sífilis em Venda Nova

Aumento de casos em 2018 preocupou moradores e autoridades da cidade serrana

Foto: Reprodução/Ministério da Saúde

Janeiro foi o mês de prevenção e combate à sífilis em Venda Nova do Imigrante. Alguns casos da doença no município em 2018 preocuparam moradores e autoridades da cidade serrana e provocou as ações de prevenção à doença.

Para informar a população, as equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) receberam capacitações para aprimorar a prevenção e, principalmente, controlar a doença, uma vez que ela tem cura e o tratamento é gratuito.

Um dos combates definidos pela equipe foi à sífilis congênita, que passa de mãe para filho na gestação e pode levar à malformação, aborto e morte do bebê. Para evitar esses casos, as grávidas recebem atenção especial das equipes. “Nossas gestantes fazem o exame para detecção no primeiro e terceiro trimestres de gravidez”, detalha Núbia Manhago, enfermeira da SMS.

Combate à doença

Apesar de receber atenção especial, as grávidas não são as únicas a se preocuparem com a sífilis. Esta é uma doença sexualmente transmissível e, se não tratada após contágio, pode causar cegueira, paralisia, problemas cardíacos e até morte.

O exame e o tratamento são gratuitos e podem ser realizados nas Unidades de Saúde da cidade. A gerente da Secretaria Municipal de Saúde, Marise Vilela, garante a forma sigilosa e ética na hora do exame. “Nós oferecemos o teste de detecção e, se der positivo, já começamos o tratamento”, afirma Marise.

Para saber mais sobre a doença, clique aqui.