• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Depressão na infância registra crescimento de 43% na última década

Saúde

Depressão na infância registra crescimento de 43% na última década

Vários sintomas podem indicar o início do transtorno e os pais precisam redobrar a atenção para percebê-los

Foto: Divulgação

Os casos de depressão entre crianças e adolescentes crescem a cada ano e preocupam especialistas. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que os índices passaram de 4,5% para 8% na última década.

Para a psicóloga e psicanalista Cássia Rodrigues, um dos grandes desafios é diagnosticar o transtorno, já que as crianças têm dificuldade de expressar seus sentimentos. "Os pais têm o hábito de enxergar as crianças como pequenos adultos. É preciso entender que o comportamento delas não segue a mesma lógica que o nosso", explicou.

Vários sintomas podem indicar o início do transtorno e os pais precisam redobrar a atenção para percebê-los. "Quando a criança começa a se retrair, os pais devem ficar mais alertas. As mudanças de comportamento repentinas são um sinal, como irritabilidade, tristeza constante, dificuldade de ficar longe dos pais, fobias e cansaço excessivo", acrescentou.