• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Capixaba cria desafio pessoal, emagrece 24kg e fala sobre nova rotina em tempos de pandemia

CORONAVÍRUS

Saúde

Capixaba cria desafio pessoal, emagrece 24kg e fala sobre nova rotina em tempos de pandemia

Cuidar da mente, corpo e espírito faz toda a diferença durante o isolamento social

Thamiris Guidoni

Redação Folha Vitória
Foto: Montagem Folha Vitória

Uma "briga" com a balança! Muitas pessoas lutam para ter um corpo e mente saudáveis, mas geralmente quando escutam algo sobre emagrecimento baseado em uma reeducação alimentar, logo pensam em um longo período de transformação. Mas o que nem todos sabem é que essa é uma maneira rápida, eficiente e saudável para alcançar o objetivo, seja emagrecimento ou uma qualidade de vida melhor. 

O capixaba Vinícius Cuzzuol tem 32 anos e criou um desafio pessoal: o #meudesafio. Em sete meses, ele emagreceu 24 quilos, adotou uma vida mais saudável e tem ajudado os mais de 11 mil seguidores a encontrar sua melhor versão com dicas.

"Trouxe para minha vida novos hábitos e metas. Busquei aprender melhor como poderia planejar minha rotina e, como sempre fui competitivo, criei o #meudesafio, pois vi que seria a melhor maneira para não me desmotivar. Juntei tudo o que sempre gostei e estava deixando de lado e dei um 'gás'. Voltei a cozinhar e comecei a ler mais. Além disso, coloquei uma rotina com horários para tudo, desde a hora que acordo, e fui 'cortando' alguns vícios diários."

Ele pontuou a importância de ter um acompanhamento de profissionais qualificados durante o processo. "Como tenho grandes amigos nutricionistas e preparadores físicos, procurei e aprendi, com a ajuda deles, a melhor maneira de me cuidar. Cada semana é um novo desafio. Me organizo de uma maneira que acabe sendo uma obrigação e assim tudo fica mais leve. Tento sempre montar um cardápio diferente toda semana. Assim, faço minha lista de compras e me programo para fazer tudo no mesmo dia."

Ao contrário de grande parte da população, o capixaba, que atua como gestor de produtos em uma rede de supermercados do Espírito Santo, contou que nunca teve problema por estar acima do peso, mas para que tivesse uma qualidade de vida melhor e mais saudável, decidiu mudar. 

"Nunca tive problema por estar acima do peso, mas sempre tive noção de que meus hábitos não eram saudáveis. Porém, como nunca me atrapalhou em nada, seguia a vida normalmente com uma rotina, que até então, achava ótima. Todos os dias já acordava pensando onde e o que ia comer. Lanchava no almoço ou qualquer horário que sentisse fome, e isso tudo começou a acontecer há 3 anos".

Cuzzuol falou também sobre saúde mental. "Sempre soube como lidar com a minha 'saúde mental' e nunca liguei para a opinião e crítica das pessoas. A verdade é que sempre tratei isso como estímulo para mudar ou melhorar, mas claro que sempre tirando como aprendizado as coisas que realmente valiam a pena e que fossem para agregar". 

E ele ainda cita uma frase que vale a reflexão: 'seu corpo aguenta quase qualquer coisa.⁣ É a sua mente que você precisa convencer!⁣'. Quando li essa frase, percebi que estou no caminho certo!".

O capixaba disse que, assim como muitos, já passou por várias fases. "Em alguns períodos estava 'cheinho', mais magro, porém, nunca estive em um 'padrão'. Essa oscilação de peso era constante e sem nenhum propósito. Li que essa oscilação poderia ser causada por algum distúrbio emocional, mas tinha certeza que não era o meu caso."

Pensamentos positivos fazem a diferença

Pensar positivo. Esse foi um dos pontos cruciais para Cuzzuol alcançar o objetivo de ter uma vida com uma mente e corpo mais saudáveis. "Há 2 anos comecei a rever algumas atitudes e pensamentos sobre a minha vida pessoal, pois percebi que já não eram convenientes para o meu momento profissional. Quando decidi mudar, mas por mim, parei de colocar propósitos para cumprir com ponto final, como por exemplo, querer emagrecer para ir a algum lugar ou para usar alguma roupa específica". 

Ele garante que em dado momento, percebeu que a mudança era necessária. "Essa mudança veio quando comecei a me sentir mal comigo. Algumas roupas já não ficavam mais legais, transpirava demais em qualquer momento, tinha apneia (roncava), e isso incomodava quem dormia comigo. Me sentia fadigado em algumas situações e dormia mal. Com isso fui percebendo o quanto precisava mudar e tomar um rumo melhor para melhorar meu físico, pois a saúde mental já não estava legal."

Cuzzuol garante que procurar desculpas não vai ajudar em nada. "Vi que já não fazia coisas simples do meu dia a dia e tudo arrumava uma desculpa. A verdade é que eu estava perdendo o foco de outras coisas importantes. Pessoas que fazem parte do meu convívio, mesmo indiretamente, foram me fazendo perceber o quanto eu podia melhorar. E assim comecei meu processo sem falar com ninguém". 

Movimentar-se é importante para qualquer um, seja para emagrecimento ou não. "Logo que comecei já fui percebendo algumas diferenças. Procurei uma atividade física e foi quando decidi encarar o crosstrainer. Amei os treinos logo de cara e me adaptei mais rápido do que esperava."

O exercício e adaptação em tempos de pandemia

Foto: Montagem Folha Vitória

Cuzzuol tinha o hábito de pedalar e fazer atividades ao ar livre., mas em tempos de pandemia, precisou adaptar os treinos. "Tenho mantido minha rotina de uma forma dinâmica. Faço meus treinos em casa e com o mesmo 'gás'. Treino todos os dias e, ao longo desses meses, fico mais convicto da importância de cuidar da mente. Vejo como mudar tem me feito bem e só agregado coisas positivas. Cuidar da saúde mental é ter nova vida. O que mais tenho feito é me autoconhecer".

O "segredo" é não desanimar e continuar os treinos. "Em meio ao caos que estamos vivendo devido à pandemia, o que mais mudou foi a minha rotina de treinos, pois tive que me adaptar para treinar em casa. Tenho buscado atividades físicas dinâmicas e que possam me manter motivado. Coloquei horários como se fosse um compromisso, o que não deixa de ser. Percebo que quando temos força de vontade, a gente consegue fazer qualquer coisa, basta querer! É logico que nem todos os dias estou com a mesma animação, só que como tenho esse 'compromisso' comigo mesmo, cumpro da melhor forma, mas não forço nada que não esteja dentro do meu limite. A verdade é que além de tudo, isso é uma terapia. Chego do trabalho, me arrumo, escolho a playlist e treino".

Cuidar de si

Para Cuzzuol, as pessoas deveriam se preocupar em cuidar de si sem um motivo específico. "As pessoas precisam entender que para se cuidar não precisa ter um motivo. Hoje me vejo de outra maneira e percebo o quanto podemos fazer por nós mesmos. Muitos falam que o 'peso da idade' uma hora chega, mas nunca vi por esse lado, pois não é a idade que vai te fazer mudar. No meu caso, comecei a me ver com outros olhos. Se cada um buscar o autoconhecimento e passar a se entender, já é o suficiente".

O momento que a sociedade e o mundo vivem não está sendo fácil, mas esperar que algo mude ficando parado não vai ajudar. "Estamos passando por um momento delicado e MUDAR está sendo mais do que necessário. Não é vergonha querer aprender coisas novas ou se adaptar à uma nova rotina. Precisamos estar sempre dispostos a querer algo, a ser alguém melhor, saber mais e querer fazer o melhor. Aos poucos as coisas se alinham e tudo tende a ficar em ordem". 

E você? Vai ficar aí parado ou vai se desafiar?