Plataforma vai permitir agendar vacinação contra a covid-19 em todos os municípios do ES

Saúde

Plataforma vai permitir agendar vacinação contra a covid-19 em todos os municípios do ES

A intenção do governo do Estado é iniciar um teste na próxima semana em dez municípios e ampliar o serviço para todo o Estado até a primeira semana de julho

Foto: Divulgação

O Espírito Santo contará com um novo sistema para agendamento, registro e logística de vacinas. O serviço que será implementado permitirá que moradores de qualquer município façam o agendamento da vacina contra a covid-19, além de integrar outras informações, como número de pessoas vacinadas e o número de doses em estoque por fabricante.

Segundo o diretor executivo do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde do Rio Grande do Norte (LAIS/RN), Ricardo Valent, a plataforma, já em uso no estado potiguar, faz um levantamento baseado em dados.

"Com o monitoramento da distribuição das doses é possível saber qual percentual da população já tomou D1 ou D2 e qual percentual do público alvo falta para ser atingido ainda. Então dá pra fazer um planejamento baseado em dados e na racionalização do Sistema Único de Saúde", disse.

No Rio Grande do Norte, a plataforma funciona desde janeiro. Mais de 1,3 milhão de pessoas se cadastraram no site e conseguiram fazer o agendamento para a vacina contra a covid-19 e também contra a gripe. O cadastro é simples e para não esquecer, uma mensagem de texto é enviada a cada três dias lembrando da data de imunização.

Quando o sistema for implementado em todos os municípios do Espírito Santo, a marcação será na internet, evitando que moradores do interior, nas cidades em que não há agendamento, se aglomerem por horas aguardando a vacina e correndo o risco de não ser imunizado.

A assistente social Rosane Lacerda Demuner mora em Colatina, no Noroeste do Estado. Como não há agendamento no município, a vacinação é por ordem de chegada. Por isso, ela demorou para ser imunizada.

"Chegamos no local às 5 horas e ficamos na fila aguardando. Fomos vacinados, mas tivemos que chegar cedo, pois são só 200 fichas. Se tivesse o agendamento, seria maravilhoso", afirma.

O Espírito Santo já conta com um site que monitora a vacinação no Estado. Segundo o professor Ricardo Valent, a nova plataforma é um complemento ao que já é realizado.

"Estamos implantando, nesse primeiro momento no Espírito Santo, o módulo de agendamento para o cidadão agendar o dia da vacina. Estamos observando muitas aglomerações e desorganização nas filas. Quando se tem o agendamento, o cidadão vai para o local somente no horário programado", explica.

A intenção do governo do Estado é iniciar um teste na próxima semana em dez municípios e ampliar o serviço para todo o Estado até a primeira semana de julho. Os municípios que receberão o teste ainda não foram divulgados.

Na segunda-feira (14), durante uma entrevista coletiva, a informação foi passada pelo secretário estadual de saúde, Nésio Fernandes. Ele ainda explicou que caso o aviso por mensagem seja "ignorado", serão realizadas novas formas de contato.

"A cada três dias, ela também será alertada para comparecer. Caso não exista a aplicação da D2, avançaremos em uma comunicação direta", disse.