• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ansioso e estressado? Veja os benefícios do yoga e posições que ajudam a manter a calma

Saúde

Ansioso e estressado? Veja os benefícios do yoga e posições que ajudam a manter a calma

Estudos científicos comprovam que a atividade é uma ótima opção para este momento, pois ativa o relaxamento do sistema nervoso

Foto: pexels

A prática do yoga é uma grande aliada em tempos de isolamento social por conta do novo coronavírus. "Estudos científicos comprovam que o yoga é uma ótima opção para este momento, pois ativa o sistema parassimpático do sistema nervoso (que age quando estamos relaxados), aliviando a pressão arterial, reduzindo o nível de açúcar no sangue, diminuindo a frequência cardíaca e restaurando a energia", conta a especialista na atividade, Marcella Bauer. 

Marcella explica também que "através do yoga realizamos posturas físicas e mentais que atuam como uma limpeza do corpo e da mente, removendo o acúmulo de tensão que gera estresse e ansiedade". 

Confira algumas posições do yoga para praticar diariamente

Postura do triângulo estendido (Utthita Trikonasana)

Foto: Marcella Bauer

Afaste as pernas de forma que o peso do corpo esteja bem distribuído. O pé esquerdo deve estar virado para fora, formando um ângulo de 45º. Levante os braços na altura dos ombros e faça uma flexão lateral para a esquerda, segurando a postura com o tronco. Já o braço direito deve ficar elevado, no sentido do teto. Olhe para a mão que está acima e mantenha a posição durante cinco respirações, depois alterne.

Postura da meia roda (Ardha Chakrasana)

Foto: Marcella Bauer

Deixe os pés juntos e as mãos devem estar ao lado da cintura com os polegares apontados em direção à coluna. Gire os ombros para trás e alinhe os seus cotovelos, como se quisesse fechá-los. Inspire profundamente e levante os quadris, o máximo que você conseguir. Permaneça nessa posição por cinco respirações profundas e lentas. Para descer para a posição inicial, expire profundamente e inale.

Postura da criança (Balasana)

Foto: Marcella Bauer

Sente-se sobre os calcanhares como se fosse ajoelhar no chão. Incline-se para frente, mantendo os pés juntos e abaixe todo tronco ou o máximo que conseguir. Os braços podem ser esticados para frente ou para trás, do jeito que você preferir.

Postura do cachorro olhando para baixo (Adhomukha Svanasana)

Foto: Marcella Bauer

Nessa posição, o ideal é fazer um V invertido com o corpo, como se fosse um triângulo. Portanto, fique em pé e inspire profundamente, levando as suas mãos ao chão e caminhando com elas à frente até o momento que você sinta que o seu corpo está em formato de triângulo invertido. Mantenha a coluna ereta, não dobre os cotovelos e, se sentir necessidade, flexione um pouco os joelhos. Deixe o pescoço no mesmo alinhamento da coluna. É importante também inalar profundamente, manter o abdômen contraído e os olhos devem estar fixados no chão. Durante 10 respirações profundas, mantenha essa posição.

Observação: Essa posição pode ser feita também partindo da Postura da Criança, apoiando os joelhos no chão e formando a postura de quatro apoios, alongue as pernas - levantando o quadril em direção ao teto e distribuindo o peso nas mãos e nas pernas.

Postura fácil (Sukhasana)

Foto: Marcella Bauer

Sente-se sobre uma toalha dobrada. Cruze as pernas, coloque as mãos nos joelhos e alongue bem a coluna. Foque em sua respiração durante 5 ou 10 minutos.

Postura do cadáver (Savasana)

Foto: Marcella Bauer

Deite-se de barriga para cima, deixando as palmas da mão também voltadas para cima, relaxando os braços e pernas, e afastando as pernas na largura do quadril. Inspire profundo, soltando o ar pela boca, três vezes e depois foque em sua respiração, soltando cada vez mais o corpo a cada expiração. Levante-se devagar quando finalizar.