• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Doenças respiratórias de inverno: como fazer da casa um ambiente saudável?

Saúde

Doenças respiratórias de inverno: como fazer da casa um ambiente saudável?

Pneumologista alerta que as temperaturas baixas deixam a imunidade do corpo fragilizada. Em tempos de pandemia cuidados devem ser redobrados

Larissa Agnez

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

As temperaturas mais baixas são as grandes causadoras de doenças respiratórias e, com a chegada do inverno, muitos brasileiros são acometidos por rinite alérgica, bronquite, gripes , resfriados, ou bronquiolite no caso dos bebês, entre outras enfermidades. 

Além disso, outra grande parte do território brasileiro passa por um período de seca durante estes meses, o que também acarreta algumas enfermidades nas vias aéreas e traz para casa mais partículas de poeira e sujeira. Diante deste cenário, é importante adotar medidas que ajudem a minimizar os incômodos causados ao sistema respiratório, inclusive nos cuidados com a casa, onde passamos grande parte dos nossos dias, ainda mais neste novo cotidiano que estamos vivendo.

De acordo com a médica pneumologista Jéssica Polese, as temperaturas baixas deixam a imunidade do corpo fragilizada. “O ar frio de maneira geral faz mal, esse baque de temperatura facilita a proliferação de doenças respiratórias. É preciso ter cuidado com os aglomerados também”, alerta a médica.

Foto: Divulgação-web

Algumas dicas para manter o ambiente limpo e saudável . 

Elimine a poeira: a poeira é a grande vilã de quem sofre com doenças respiratórias, por isso, opte por aspirar a casa ao invés de varrer. 

Limpe os móveis com um pano úmido: ao contrário do espanador, que apenas transfere o pó de um lugar para outro da casa, o pano úmido consegue efetivamente retirar a sujeira dos espaços.

Atenção com os vidros: embora não pareça, os vidros também acumulam poeira. Para fazer uma limpeza profunda, dilua uma colher de sopa de bicarbonato de sódio em 250 ml de água e aplique o produto sob os vidros com um pano de algodão.

Mantenha portas e janelas abertas: sempre que possível mantenha a casa aberta e deixe a luz entrar. Aproveite os períodos da manhã e tarde para arejar o ambiente e manter o ar circulando.

Mantenha o ambiente úmido: o clima seco pode ocasionar tosse e dificuldade para respirar, então, use um aparelho umidificador para aumentar os níveis de umidade do ar. Outra opção é manter uma bacia com água ou uma toalha molhada no ambiente. 

Use produtos de limpeza com moderação: os produtos de limpeza convencionais costumam ter odores fortes que, por consequência, podem instigar as alergias. Opte por produtos que possuem cheiros mais suaves.

* Estas são dicas da empresa Philips Walita* 

A pneumologista Jéssica Polese também listou alguns cuidados para fugir das doenças respiratórias nesse inverno

- Mantenha o organismo hidratado;

- Evite fumar ou se expor a ambientes com muita poeira ou fumaça;

- Mantenha o ambiente arejado com o ar circulando. As bactérias ficam concentradas em ambientes fechados;

- Evite o contato com pessoas gripadas ou com resfriados, pois essas doenças são adquiridas pelo ar;

- Mantenha a respiração sempre pelo nariz e não pela boca, pois as narinas têm a função de filtrar o ar e aquecê-lo;

- Lençóis, edredons e roupas devem ser expostos ao sol e lavados sempre que necessário evitando o mofo;

- As pessoas que já possuem problemas respiratórios como bronquite, asma e sinusite devem evitar o contato com bichos de pelúcia, tapetes e produtos que possuem pelos;

- Use soro fisiológico nas regiões dos olhos e narinas, ele lubrifica a mucosa e evita irritação;

- A alimentação deve ser balanceada com sopas e caldos ricos em verduras e legumes. As frutas são essenciais, principalmente, aquelas que contêm vitamina C, como a laranja. Elas ajudam a prevenir gripes e resfriados.