Espírito Santo registra menor número de casos de covid desde maio de 2020

Saúde

Espírito Santo registra menor número de casos de covid desde maio de 2020

De acordo com dados do Painel Covid-19, neste mês foram registrados 15.207 casos positivos da doença, menor número desde o mês de maio de 2020, quando o estado registrou 18.142 pessoas infectadas pelo novo coronavírus

Bianca Santana Vailant

Redação Folha Vitória
Foto: Diego Simão/TV Vitória

O mês de julho ainda não acabou, mas já traz números otimistas sobre a pandemia do novo coronavírus no Espírito Santo. De acordo com dados do Painel Covid-19, neste mês foram registrados 15.207 casos positivos da doença, menor número desde o mês de maio de 2020, quando o estado registrou 18.142 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. 

Uma outra informação, ainda de acordo com os dados do painel, é o número de casos positivos da doença, que está em queda há quase quatro meses consecutivos. Este é o maior período de queda registrado pela Sesa desde o início da pandemia. 

Veja abaixo os números desde março de 2021, quando foi registrado o maior pico da doença, com 65.747 casos no Espírito Santo:

Março - 65.747
Abril - 48.889
Maio - 40.149
Junho - 29.298
Julho - 15.207

Veja abaixo o gráfico com todos os casos registrados no Estado desde o início da pandemia do novo coronavírus:

Foto: Reprodução/Painel Covid

Leia também: Famílias poderão se reunir sem máscara no fim do ano no ES, diz secretário

Casos caem pela 1ª vez desde o início da pandemia

Em uma entrevista exclusiva para o jornal online Folha Vitória, o secretário estadual de saúde, Nésio Fernandes, afirmou que essa queda acontece pela primeira vez desde o início da pandemia. 

"Nós estamos no terceiro, indo para o quarto mês de queda sustentada no número de óbitos, internações e também dos casos observados", explicou o secretário. 

No gráfico do número de casos positivos da doença no Painel Covid-19 é possível enxergar a diferença. O secretário explicou a dinâmica das ondas vividas no Espírito Santo. 

"Entre a primeira e a segunda onda de 2020, nós tivemos um único mês de queda realmente no número de casos, e logo em seguida, no mês seguinte, voltou a crescer o número de casos. O mesmo entre a segunda e a terceira onda. O mês de fevereiro apresentou uma queda no número de casos e já em março uma nova subida", disse.

Vacinação é fundamental para queda de casos de covid no ES

O secretário estadual de saúde explicou que a vacina tem um papel de protagonismo na mudança de cenário, mas não é o único fator que influencia nas reduções das estatísticas.

"Isso é o resultado de uma série de políticas adotadas e de uma grande coesão social. Neste momento nós estamos vencendo uma guerra contra as Fake News, contra as desinformações. Há diversas teses que já fizeram as pessoas menosprezaram os riscos da doença", frisou o secretário.

Nésio finalizou destacando que "o uso das máscaras, a testagem, e principalmente a vacinação têm garantido uma etapa de recuperação não vivida em nenhum outro momento da pandemia". 

Leia mais: Média de idade de morte por covid-19 no ES é de 58 anos, menor que a média nacional