`Primeiro emprego: experiência de quem está chegando ao mercado pode incluir cursos e ações voluntárias

Trabalho

`Primeiro emprego: experiência de quem está chegando ao mercado pode incluir cursos e ações voluntárias

Ferramenta do Folha Vi´tória também é útil para quem está atrás do primeiro emprego

Foto: Divulgação

Quem está em busca do primeiro emprego após concluir o ensino médio, faculdade ou um curso técnico não precisa desanimar ou ter dúvidas ao preencher o currículo na área reservada para "experiência". Afinal, o recém-formado é  novo no mercado, ainda não ocupou nenhuma colocação. Mesmo  assim, esse item pode ser preenchido pelo candidato com esse perfil sem medo. Segundo a administradora e especialista em Gestão de Pessoas e integrante do Conselho Regional de Administração do Espírito Santo (CRA-ES), Marília Tavares, as experiências estão contidas em relatos de cursos, capacitações, estágios, intercâmbios ou vivências em ações voluntárias. "Isso pode e deve ser colocado no currículo, sempre enfatizando que se tratam de experiências e ocasiões de ensino, não um trabalho formal", desenvolve.

Foto: Divulgação

Dependendo do cargo desejado, o candidato pode, por exemplo, descrever o quanto aprendeu durante um período num projeto social ou numa campanha de mobilização comunitária. "Interessa ao empregador saber o grau de entrega dessa pessoa ao que ela cursou e no que ela participou. Ela pode não ter experiência na área de vendas para uma loja mas naquele voluntariado ela lidou com trabalho em equipe, interagiu com gente, colocou-se disponível o que é interessante para o cargo de vendedor", explica.

Redes sociais

As redes sociais, segundo Marília, devem estar a favor do candidato. Os currículos atuais já colocam links para os perfis. É cada vez mais comum recrutadores incluírem os perfis nas redes na análise de escolha de quem está mais apto para a vaga. "A regra é que a sua rede social não te sabote. Cuidado com o que você posta. Interessante é ter um só perfil e evitar assuntos polêmicos. Não é obrigatório mas, provavelmente, o recrutador vai analisar", alerta. Ela lembra que é preciso ter atenção também com o perfil do WhatsApp. "É uma ferramenta instantânea de comunicação e tem sido também levada em conta. Mas ela não é exclusiva. É interessante sempre informar o e-mail como mais alternativa de contato", aconselha.

Primeiro emprego

O comércio e o setor de serviços são os que mais aceitam candidatos sem experiência na carteira de trabalho, segundo levantamento de especialistas. São os supermercados, lojas, telemarketing e outros negócios com perfil semelhante que abrem as portas para quem nunca trabalhou.

O motivo, de acordo com Marília, é que as atividades desenvolvidas nesses setores muitas vezes não demandam especialização. “Por isso, são os setores que mais absorvem quem não tem experiência”, pontuou.

Além disso, ela acrescentou, que sendo menor a qualificação exigida para a vaga, mais fácil é para as empresas treinarem e capacitarem os candidatos que nunca trabalharam na função, por exemplo. “A empresa consegue ensinar esse novato na atividade e cultura organizacional com mais facilidade. Sendo esse outro motivo para conceder a primeira oportunidade de emprego”, explicou.

Nova ferramenta

Pensando em quem procura uma vaga no mercado de trabalho, o jornal online Folha Vitória lançou a plataforma digital FV Currículos. A ferramenta ajudará o profissional a elaborar currículos com competências e expertises estratégicas, além de dispará-los para os empregadores em diversos setores.

A plataforma desenvolve páginas exclusivas, personalizadas, responsivas, com edição, layout e compartilhamento facilitados para cada usuário, além de integrar os currículos com a busca do Google e todas as soluções de empregabilidade disponíveis online, apresentando o candidato no melhor formato, informações e disponibilidade para os recrutadores, promovendo mais empregabilidade e prestação de serviço à sociedade.

Acesse agora a plataforma do FV Currículos

A visibilidade será permanente, com a possibilidade de fazer atualizações que estarão disponíveis até mesmo para quem está avaliando a sua contratação.