Liquidação de Verão movimenta lojas do Centro de Cachoeiro de Itapemirim

Economia

Liquidação de Verão movimenta lojas do Centro de Cachoeiro de Itapemirim

Lojas de Cachoeiro de Itapemirim abrem temporada de liquidações e mobilizam comércio para zerar estoques, com descontos que podem chegar a 50%

A previsão é de descontos durante todo o mês de janeiro e início de fevereiro. Foto: Divulgação

O mês de janeiro abriu oficialmente a temporada de liquidações em Cachoeiro de Itapemirim. Bastou virar o ano para que lojas de varejo e o comércio de rua começassem a anunciar promoções e descontos que podem chegar a até 50%.

Depois das vendas tímidas no Natal, muitos lojistas do centro da cidade anteciparam as ações promocionais típicas desse período na expectativa de zerar os estoques. E a estratégia está dando certo. Segundo os lojistas, essa é uma alternativa para atrair quem não se programou e precisa lidar com o dinheiro mais curto do início de ano. A previsão é de descontos durante todo o mês de janeiro e início de fevereiro.

Já as grandes redes de departamentos e eletrodomésticos programam suas liquidações para depois do Carnaval. Os dois shoppings da cidade ainda não definiram o período exato da sua campanha, mas pretendem fechar o boom de liquidações de início de ano na cidade. “A nossa ação vem, geralmente, depois das liquidações das lojas do centro da cidade e se destaca por ser a última oportunidade para adquirir peças de verão com descontos que podem chegar a 70%”, diz a gerente de marketing de um dos shoppings.

Preços atraem, mas o dinheiro é pouco, lembra comprador

A professora Simone Freitas aproveitou a liquidação para comprar roupas para os filhos João Pedro e Marcelo antes da viagem de férias da família. “Sempre deixo para comprar roupas nessa época, quando os preços ficam bem atrativos. Se fosse fácil driblar a ansiedade das crianças, deixava para comprar agora os presentes de Natal, todos em liquidação”, diz ela. O único problema, segundo a professora, é que com tantos compromissos financeiros típicos do início do ano o dinheiro acaba ficando mais escasso, limitando a vantagem das liquidações.