Leilão de Fontes Alternativas tem deságio médio de 1,96%

Economia

Leilão de Fontes Alternativas tem deságio médio de 1,96%

Redação Folha Vitória

São Paulo - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que o deságio médio do Leilão de Fontes Alternativas (LFA) realizado nesta segunda-feira, 27, ficou em 1,96%. O preço médio da energia negociada foi de R$ 199,97/Mwh. Conforme noticiado há pouco, o preço médio da energia gerada pelas térmicas contratada ficou em R$ 209,91/MWh, o que representa um deságio de 2,36% em relação ao preço-teto de R$ 215/MWh estabelecido inicialmente pela Aneel. No caso dos projetos eólicos, o deságio ficou em 0,85%, com preço médio de R$ 177,47, abaixo do teto de R$ 179/MWh estabelecido inicialmente.

O fornecimento da energia das térmicas terá início em janeiro de 2016. No caso dos projetos eólicos, o fornecimento ocorre a partir de julho de 2017. O período de fornecimento é de 20 anos, em ambos os casos. A energia contratada no leilão de hoje será gerada em oito térmicas a biomassa e três parques eólicos. A capacidade instalada contratada é de apenas 479,43 MW, o que equivale a 11,3% da potência habilitada para a participação do certame. A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) havia autorizado a participação de 200 projetos no leilão, com capacidade instalada conjunta de 4.253 MW.