• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Novos portos em Barra do Riacho vão ampliar a movimentação de cargas no Estado

Economia

Novos portos em Barra do Riacho vão ampliar a movimentação de cargas no Estado

A expectativa é de que o investimento seja da ordem de R$ 300 milhões e gere aproximadamente 900 empregos na região de Barra do Riacho, em Aracruz

Com a mudança na Poligonal, o Portocel poderá ser ampliado Foto: Divulgação/Governo

A região de Barra do Riacho, em Aracruz, vai poder contar com a criação de um novo porto e a ampliação de um terminal de Portocel que já existe no município. A ampliação do complexo portuário será permitida graças à publicação do Decreto do Governo Federal que altera as regras sobre a nova poligonal dos portos existentes no país. 

De acordo com a subsecretária de Comércio Exterior e Relações Internacionais do Estado, Mayhara Chaves, a mudança vai permitir a ampliação da movimentação de cargas no Espírito Santo e ainda oferecer um desenvolvimento econômico da região. 

Ela explicou que antes do decreto, o Portocel não podia ampliar seu espaço e agora as obras para aumentar a área poderá ser feita pela empresa privada que administra o terminal. Além disso, o Grupo Imetame, que é de Aracruz, vai poder construir seu novo porto, o que vai facilitar a movimentação do setor de metalmecânica e empresas de plataformas de petróleo. 

"A empresa precisava levar o material até as plataformas e para isso precisava de um terminal portuário para poder entregá-lo ao seu contratante", explicou. 

A previsão é que as obras desse novo terminal sejam iniciadas no ano que vem e da ampliação do Portocel até 2017. Mayara explicou que com a ampliação do Portocel, que é especializado em celulose, poderá movimentar também cargas em geral, inclusive receber navios de grande porte que não podem atracar no Porto do Vitória. 

"É um desenvolvimento para a região norte. Aracruz se tornou um importante polo portuário. O terminal Imetame já tem a licença de instalação concedida pelo Governo do Estado. A expectativa é de que o investimento seja da ordem de R$ 300 milhões e gere aproximadamente 900 empregos na região.