• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chineses percorrem possível traçado da Ferrovia Bioceânica

Economia

Chineses percorrem possível traçado da Ferrovia Bioceânica

Brasília - Criticada por especialistas por ser economicamente inviável e apontada como ponto fraco da segunda edição do Programa de Investimentos em Logística (PIL), a Ferrovia Bioceânica continua firme como projeto do governo. Nesta quarta-feira, 15, uma delegação de cinco engenheiros chineses e três funcionários do governo brasileiro conclui uma visita ao percurso por onde pode passar a linha.

A missão começou no dia 5, com os integrantes viajando perto de 4 mil km por rodovia, saindo de Brasília e chegando a Cruzeiro do Sul (AC). O objetivo, segundo explicou a estatal Valec, é dar aos chineses a oportunidade de avaliar características de relevo e também as condições socioeconômicas dos locais por onde a ferrovia passaria.

Em maio, os presidentes do Brasil, Dilma Rousseff, da China, Xi Jinping, e do Peru, Ollanta Humala, assinaram um memorando de entendimentos para elaboração de estudos sobre a viabilidade da ferrovia. A avaliação, patrocinada pelos chineses, deverá ser concluída em maio de 2016.

As concessões das ferrovias deverão ser as mais demoradas, porque o governo decidiu abandonar o modelo que havia sido criado para a primeira edição do programa de concessões em logística. Hoje, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) deve abrir uma consulta pública para colher subsídios destinados à elaboração de um novo modelo de exploração de ferrovias no Brasil. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.