• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Churrascaria de luxo será obrigada a liberar FGTS de funcionários após fechamento no ES

Economia

Churrascaria de luxo será obrigada a liberar FGTS de funcionários após fechamento no ES

O restaurante fechou as portas há mais de um mês, após quase quatro anos de funcionamento. Os funcionários estariam há três meses sem receber salários

Churrascaria fechou e não pagou os funcionários Foto: Divulgação

Os funcionários da churrascaria de luxo que funcionava em um shopping de Vila Velha, o Porção Gourmet, ganharam uma liminar na Justiça que concede a liberação do FGTS e do Seguro Desemprego. A medida deverá beneficiar mais de 60 pessoas.

De acordo com a advogada do caso, Marta Rose Vimercati o restaurante não estaria pagando os funcionários corretamente desde 2013, e após o encerramentos das atividades no Estado trabalhadores estariam morando em casas de amigos, já que muitos seriam de outros estados.

“A empresa não depositava nem o FGTS direito, quase não tem nada. Mas para quem está passando fome, vai ajudar muito”, afirmou a advogada.

O restaurante fechou as portas há mais de um mês, após quase quatro anos de funcionamento. Na ocasião teriam sido realizadas promessas de reabertura, o que não aconteceu, e os funcionários estariam sem acesso aos benefícios trabalhistas.

“Vários funcionários, alguns de outros estados, estão vivendo aqui de forma solidária na casa de desconhecidos e colegas de trabalho, esperançosos em receber as suas verbas rescisórias e direitos afins”, contou Marta Rose.

A empresa que agora administra as ações da churrascaria Porção, a BrazCarnes, disse que, em cerca de 60 dias, tudo estará regularizado, e as questões trabalhistas serão encerradas.

“O grupo fechou as operações deficitárias, a operação gourmet não dava lucro, sempre foi deficitária. A expectativa era que a casa gerasse um lucro, em uma perspectiva de cinco vezes, mas dava prejuízo”, afirmou Lucas Zanchetta presidente da BrazCarnes. 

Para o novo proprietário da franquia a modalidade gourmet foi uma estratégia que não deu certo, e todas as filiais que seguiam esse padrão foram fechadas, a de Vila Velha foi a última. A promessa da rede Porção é manter o DNA da marca, trabalhando com rodízio e variedade de cortes das carnes. Uma nova churrascaria Porção deve ser aberta, em Vitória, em breve, garantiu Zanchetta.