• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Senador diz que irá ao Conselho de Ética contra quem ocupou cadeiras

Economia

Senador diz que irá ao Conselho de Ética contra quem ocupou cadeiras

José Medeiros disse que irá pedir ao Conselho de Ética que veja a punição que cabe aos senadores

O senador José Medeiros (PSD-MT) afirmou nesta terça-feira que irá entrar com representação contra os senadores que ocuparam as cadeiras da mesa do plenário do Senado, impedindo a votação da reforma trabalhista na Casa.

"A democracia pressupõe a defesa da lei, o respeito às leis. Mas o que fizeram hoje aqui foi a mesma coisa que se fossem ali no Palácio do Planalto e dissessem ao presidente: 'dá licença'. E sentassem na cadeira dele", comparou o senador, que faz parte da base aliada do governo de Michel Temer e é a favor da reforma. "Se isso não for quebra de decoro, não sei mais o que é."

Ele disse que irá pedir ao Conselho de Ética que veja a punição que cabe aos senadores. Segundo ele, ainda não está definido quais parlamentares serão denunciados, pois ainda pretende analisar fotos e vídeos de quem ocupou as cadeiras.

Ele citou a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), a primeira a ocupar a mesa, o líder do PT, Lindbergh Farias (RJ), e as senadoras Regina Souza (PT-PI) e Fátima Bezerra (PT-RN).

As parlamentares ocupam, desde antes das 12h, a mesa diretora do Senado em protesto contra a votação da reforma. A oposição já sabe que não terá votos para derrotar o projeto e tenta, com essa estratégia, adiar a votação.