Produção de eletrônicos foi a menor em junho, diz IBGE

Economia

Produção de eletrônicos foi a menor em junho, diz IBGE

Redação Folha Vitória

Rio - A passagem da Copa do Mundo diminuiu o ímpeto e a demanda da indústria para produzir televisores, que haviam dado uma contribuição positiva ao setor manufatureiro nos primeiros meses do ano. Com isso, o item foi o que mais contribuiu para o tombo de 29,6% na produção de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e óticos em junho ante maio. O recuo foi o mais intenso de toda a série histórica, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com junho de 2013, também houve queda, de 25,1%. Segundo o gerente da Coordenação da Indústria do IBGE, André Macedo, o fim do impulso do evento esportivo foi responsável pelo desempenho. "Os televisores eram o que vinham garantindo a essa atividade um comportamento de crescimento ou atenuando o ritmo de queda nos últimos meses", disse.

No agregado dos bens de consumo da linha marrom, o crescimento de 51,4% observado no primeiro trimestre sobre igual período do ano passado se converteu em queda de 5,6% no segundo trimestre, na mesma base. "Claramente os televisores explicaram o crescimento (do primeiro trimestre). Com a desaceleração do ritmo de produção desse item específico, houve recuo no segundo trimestre. E essa queda tem relação direta com o resultado de junho", explicou.