• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Novas empresas no Espírito Santo poderão gerar 250 empregos

Economia

Novas empresas no Espírito Santo poderão gerar 250 empregos

Está confirmadas a instalação de cinco empresas no Estado, dos ramos de distribuição de vacinas, distribuição de medicamentos e indústria de cosméticos

Duas distribuidoras de medicamentos, como essa da foto em destaque no Mato Grosso, serão instaladas no Estado este ano Foto: Divulgação

As cinco empresas que confirmaram vinda para o Espírito Santo poderão gerar cerca de 250 empregos diretos e indiretos. A expecativa, segundo o presidente do Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor do Espírito Santo (Sincades), é que elas comecem a operar ainda este ano.

Estão confirmadas a Oncoprad (distribuidora de vacinas); Panpharma (distribuidora de medicamentos); Drogacenter (distribuidora de medicamentos); Kanechon (indústria de cosméticos) e Centerplex (indústria de cosméticos).

A confirmação foi feita nesta semana, após a participação do governador Paulo Hartung e do secretário de Estado de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo, na abertura do Encontro Nacional da Cadeia de Abastecimento (Enacab), em São Paulo.

Durante o encontro, Hartung ressaltou a importância do segmento para a economia nacional e destacou a política capixaba de atração das empresas atacadistas e distribuidoras. “O Espírito Santo está de braços abertos para as empresas que quiserem se instalar e investir no Estado”, disse. 

A vinda dos centros de distribuição, destaca o secretário José Eduardo Azevedo, irá fortalecer a cadeia produtiva capixaba. “É um setor que vinha crescendo, teve uma perda significativa com o fim do Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias (Fundap) e agora começa a se recompor. A vinda desses empreendimentos é um incentivo para continuarmos a investir em estrutura logística”, afirmou.