Economia da Alemanha é ajudada pelos gastos com imigrantes, diz Bundesbank

Economia

Economia da Alemanha é ajudada pelos gastos com imigrantes, diz Bundesbank

Redação Folha Vitória

Frankfurt - A Alemanha continuou a se expandir em ritmo constante nos últimos meses de 2015, com os gastos com imigrantes, bem como a maior renda disponível, ajudando a impulsionar o crescimento na maior economia da zona do euro, afirmou o Banco Central da Alemanha (Bundesbank) em seu relatório mensal divulgado nesta segunda-feira.

O BC alemão disse que a queda nos preços do petróleo impulsionou o maior poder de compra das famílias, enquanto os gastos oficiais com imigrantes também apoiaram o crescimento durante o trimestre. A expansão econômica no quarto trimestre veio em linha com os trimestres anteriores, segundo o Bundesbank, após taxas de crescimento de 0,3% no terceiro trimestre e de 0,4% no segundo.

"O consumo privado continuou a ser apoiado pelo aumento significativo no emprego e nos salários", afirmou o relatório. Os preços mais baixos da energia e dos combustíveis impulsionaram os gastos dos consumidores, acrescentou o documento. Fonte: Dow Jones Newswires.