Gastos fiscais da China sobem 25,9% na comparação anual de novembro

Economia

Gastos fiscais da China sobem 25,9% na comparação anual de novembro

Redação Folha Vitória

Pequim - O governo da China continuou ampliando os gastos fiscais em novembro, como parte de sua estratégia para conter a desaceleração da economia.

Dados do Ministério de Finanças chinês mostraram que os gastos fiscais subiram 25,9% em novembro ante igual mês do ano passado, a 1,61 trilhão de yuans (US$ 249,2 bilhões). O resultado ficou abaixo do acréscimo anual de 36,1% registrado em outubro, mas em linha com a média de mais de 20% de crescimento vista nos últimos meses.

Entre janeiro e novembro, a China gastou um total de 15,02 trilhões de yuans de seu orçamento, 18,9% mais que em igual período de 2014.

Em novembro, a receita fiscal do gigante asiático teve alta anual de 11,4%, a 1,11 trilhão de yuans, após crescer 8,7% em outubro.

No acumulado do ano até novembro, a receita somou 13,99 trilhões de yuans, com aumento anual de 8%. Fonte: Dow Jones Newswires.