Importância do café da manhã e melhores escolhas antes dos exercícios físicos

Não é papo furado quando você escuta por aí que o café da manhã é uma das refeições ,ais importantes do dia. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o organismo precisa repor as energias perdidas durante uma noite de sono.

Assim, é fundamental que essa reposição de nutrientes seja feita logo ao acordar, pois, dessa forma, o corpo estará preparado para desempenhar de maneira adequada todas as atividades do dia.

Suco de laranja natural

Diversos estudos comprovam que pessoas que não tomam o café da manhã apresentam dificuldades em todas as atividades diárias, tanto físicas quanto mentais, e que, em crianças e adolescentes, o rendimento escolar é reduzido. Além disso, ficar muito tempo em jejum faz com que o metabolismo fique mais lento, ou seja, a ingestão de alimentos logo cedo auxilia também no controle do peso.

Para as pessoas que costumam acordar tarde, recomenda-se que haja a ingestão de metade da refeição, ou menos disso, na forma de uma fruta, um copo de suco natural ou um iogurte.

Invista nos alimentos corretos

Porém, de nada adianta se os alimentos ingeridos não tiverem os nutrientes necessários. “Um café da manhã equilibrado deve conter pelo menos uma porção de carboidratos como pães ou cereais, uma porção de leite ou derivados como fonte de proteína e cálcio e uma porção de frutas ou suco, que oferece minerais, vitaminas e fibras”, explica a nutricionista Cristina Diestel.

Em geral, as frutas são sempre boas indicações. O importante, lógico, é não exagerar. Já no caso dos cereais, recomenda-se, preferencialmente, os integrais e naturais, como quinoa, aveia, linhaça e granola sem açúcar.

Aliado das atividades físicas

Torrada

Para quem pratica exercícios físicos no período da manhã, essa refeição é ainda mais importante. Os exercícios contribuem para que as reservas de glicose que já estão escassas por conta do jejum noturno se esgotem ainda mais rapidamente. Dependendo do intervalo entre o café da manhã e a prática da atividade física, a refeição deverá ser diferente.

Se o intervalo for de 30 a 40 minutos, por exemplo, sugere-se uma refeição leve e de fácil digestão e absorção, composta basicamente de carboidratos, como um suco de laranja e uma torrada. Porém, se o intervalo for maior que 1 hora, pode-se ingerir o café normalmente.

Para aqueles que não são atletas, a alimentação antes da musculação ou dos exercícios aeróbicos pode ser a mesma.

Caso o exercício físico seja de grande intensidade, a exemplo da corrida, recomenda-se aumentar a oferta de carboidratos, pois eles fornecem energia de rápida absorção e liberação necessária para esse tipo de atividade.

Troca certa!

1 – Em vez de OPTAR POR PÃES BRANCOS, DE LEITE, DOCE E RECHEADOS, PREFIRA OS INTEGRAIS, POIS ESTES SÃO RICOS EM FIBRAS;
2 – nO LUGAR DA MANTEIGA, DO REQUEIJÃO, DO CREAM CHESSE E DO QUEIJO GORDUROSO, CONSUMA O QUEIJO DO TIPO COTTAGE, PORQUE É O MAIS MAGRO QUE EXISTE;
3 – TROQUE O LEITE INTEGRAL PELO DESNATADO. SE VOCÊ NÃO CONSEGUIR SE ADAPTAR, PROCURE BEBER O SEMIDESNATADO OU IOGURTE LIGHT;
4 – EVITE ADICIONAR ACHOCOLATADOS AO LEITE. CASO DESEJE, MISTURE COM CANELA EM PÓ OU CACAU;

Leite desnatado

5 – SEMPRE CONSUMA FRUTAS COM FIBRAS NO CAFÉ DA MANHÃ, COMO MAMÃO COM AVEIA OU BANANA COM CHIA;

Mamão com aveia

6 – ACRESCENTAR CHÁ À SUA REFEIÇÃO É UMA ÓTIMA IDEIA, CONTANTO QUE NÃO SEJA ADOÇADO COM AÇÚCAR. ACOSTUME-SE A CONSUMI-LO POUCO.

Fonte: Revista COMA CERTO E EMAGREÇA

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *