Nutri que corre traz dicas de alimentação pré-corrida para melhorar seu desempenho

Como andam os treinos ? E como anda a alimentação? A nutricionista clínica, funcional e esportiva Bianca Passos, a “nutriquecorre“, reforça a importância da escolha correta dos alimentos para o sucesso na corrida. Siga as dicas que ela traz no texto preparado especialmente para o blog Corrida de Rua:

Bianca Passos fala da importância da alimentação ideal pré-treino

Difícil manter a rotina de treinos e alimentação neste momento de pandemia. Muitas mudanças e muitas regras e protocolos, mas saiba que, mesmo treinando com toda essa mudança, um fator que é de extrema importância é a alimentação.

O que muitos corredores não sabem é que a alimentação é essencial para o sucesso na corrida, tanto durante os treinos como no dia que antecede a prova e, assim, no dia do evento. Alimentar-se adequadamente é uma das peças-chave para garantir um bom desempenho na corrida.

A alimentação deve ser muito bem pensada, apesar de alguns corredores não olharem esse ponto. O principal objetivo da alimentação pré-treino é que haja estoque de energia suficiente para o treino e evitar fadigas enquanto corre.

O carboidrato é de suma importância para que isso ocorra com sucesso, pois, sem ele, seus níveis de glicose podem ficar comprometidos e corre o risco de ter hipoglicemia e nem completar seu treino.

Então o carboidrato é um super amigo, e não um super vilão. Abuse dos carboidratos, principalmente, se os treinos forem intensos e de longa duração. Separei alguns principais carboidratos que podemos abusar para os treinos mesmo que seja em provas virtuais”.
Bianca Passos, nutricionista

Pão

Sua digestão é rápida e ideal para quem pratica a corrida. Rico em carboidratos, é um alimento versátil e prático. Você pode consumir a caminho da corrida, em viagens ou em casa. Puro, torrado ou acompanhado de algum alimento, o pão é sempre bem-vindo no cardápio dos corredores.

Varie seu cardápio experimentando as diversas versões encontradas no mercado, como os integrais, com linhaça, 7 grãos e muitos outros. Evite a ingestão de pães com muitas fibras ou muito gordurosos. Fuja dos recheados ou croissants se quiser garantir uma boa alimentação antes de treinar, pois eles contêm uma quantidade de gorduras extras.

Arroz

É o carboidrato predileto dos brasileiros e apresenta características excelentes para compor uma refeição pré-treino. Ele tem alta concentração de carboidratos, baixo teor de gordura e fibras. Você pode combiná-lo com vários alimentos e até misturar com vegetais. O ideal é consumir com uma proteína magra (filé de frango ou peixe) duas horas antes da corrida.

Macarrão

O macarrão é o queridinho dos corredores. Ainda é a opção mais procurada quando se trata de uma refeição pré-prova. É um alimento fácil de ser preparado e encontrado em qualquer lugar do mundo, além de ser uma fonte rica em carboidratos – tem 78% em sua composição. A versão mais procurada é ao sugo, porém, é importante tomar alguns cuidados antes de consumi-lo: em alguns lugares, o molho de tomate é preparado com tanta gordura quanto o molho branco, e isso não ajudará você a correr bem. O ideal é fugir dos queijos, molhos e gratinados.

Batata

Pobre em gordura, é facilmente digerida e indicada para quem não consegue comer grandes volumes na refeição pré-corrida. Fonte de carboidrato e potássio o ideal é consumir assada ou também em forma de purê.

Banana

Queridinha dos corredores, essa fruta é composta por 24% de carboidratos e 74% de água, ou seja, é uma fonte pura de energia. Deliciosa e nutritiva, a banana pode ser acompanhada por cereais e vitaminas e ainda dá para levá-la para onde você quiser, principalmente, durante o treino.

“Abuse desses alimentos. Mas o ideal é acompanhar com um nutricionista e fazer um cardápio balanceado. Bons treinos!!!”, concluiu Bianca Passos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *