• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Fluminense aceita liminar sobre Maracanã e fala em recurso no 'momento oportuno'

Esportes

Fluminense aceita liminar sobre Maracanã e fala em recurso no 'momento oportuno'

A liminar concedida na noite de segunda vai elevar os custos do Fluminense ao sediar no estádio a partida contra o Liverpool, do Uruguai, pela Copa Sul-Americana, na quarta-feira

O Fluminense divulgou nota nesta terça-feira afirmando que vai acatar a decisão da Justiça em relação ao contrato firmado com a empresa que administra o Maracanã nos jogos do time no Rio de Janeiro. A liminar concedida na noite de segunda vai elevar os custos do Fluminense ao sediar no estádio a partida contra o Liverpool, do Uruguai, pela Copa Sul-Americana, na quarta-feira.

Pela decisão do desembargador Eduardo Gusmão Alves de Brito Neto, da 16ª Câmara Cível do Rio, o consórcio que administra o Maracanã não precisará arcar com os custos da partida, válida pela primeira fase da competição continental. A decisão é liminar, portanto provisória, mas o Fluminense decidiu não recorrer contra ela antes da partida desta quarta.

Isso porque um recurso imediato poderia comprometer a estreia do time na Sul-Americana. Por isso, a diretoria do time tricolor promete contestar a determinação judicial em "momento oportuno".

No fim do mês passado, o presidente do Fluminense, Pedro Abad, já havia dito que faria todo o possível para que o palco da estreia do time na Sul-Americana fosse mantido. Mas revelou que há divergências entre o clube e o consórcio em relação à utilização do Maracanã. O Fluminense não quer mandar todas as suas partidas no estádio. Foi por essa razão que o consórcio acionou a Justiça.

"É óbvio que o Maracanã é a casa do Fluminense. É impensável escrever a história do estádio sem citar o Fluminense inúmeras vezes. Só que existem jogos que a gente entende que não vale a pena atuar lá. Vai gerar prejuízo a todas as partes, pela falta de interesse. E vamos avisar a eles sobre nossa intenção de atuar em outro lugar e saber se podemos fazer isso. Porque, por contrato, temos que jogar todas as partidas lá", destacou Pedro Abad, em entrevista ao site do Fluminense, no dia 31.