• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Criança do ES que ficou órfã em acidente no MS segue internada

Geral

Criança do ES que ficou órfã em acidente no MS segue internada

Helora, de 4 anos, estava no carro com os pais Henrique Manoel Gomes Brandão e Mery Angela Soares Brandão. O acidente aconteceu na última sexta-feira

Continua internada a criança que sobreviveu ao acidente em Mato Grosso do Sul na última sexta-feira (13). Os pais da menina morreram no local. Helora Maria, de 4 anos, estava no carro com os pais Henrique Manoel Gomes Brandão, de 40 anos, e Mery Angela Soares Brandão, de 43. 

De acordo com a assessoria do hospital, a menina está no CTI, sedada e intubada em estado grave. Ela passou por cirurgia devido a fraturas de membros inferiores (fêmur direito e esquerdo). Além disso, Helora também apresenta um trauma torácico. 

Não há previsão de transferência para o Espírito Santo por conta do estado de saúde. A irmã de Mery foi para Mato Grosso do Sul acompanhar a sobrinha. 

De acordo com informações do boletim da polícia de Mato Grosso do Sul, a motorista do outro carro que se envolveu no acidente teria invadido a contramão. 

Os corpos de Henrique e Mery Angela chegaram ao Espírito Santo na madrugada desta segunda-feira (16). Funcionários do cemitério informaram que os corpos chegaram ao Estado por volta de 2 horas e que devem chegar a partir das 9 horas no cemitério. O sepultamento será realizado às 15 horas, no cemitério Parque da Paz, em Cariacica.

Acidente

O acidente aconteceu por volta de 9 horas da última sexta-feira (13). A criança foi levada para o Hospital Santa Casa de Misericórdia de Campo Grande e passou por uma cirurgia. O casal morava em Vila Capixaba, no município de Cariacica. Henrique era superintendente do Banco do Espírito Santo (Banestes) na região Sul. Mery Angelaera professora da rede municipal de Vitória.

Um vizinho contou que viu o casal saindo bem cedo para viajar. Segundo ele, por volta de quatro horas da manhã de sexta-feira, o casal e a filha foram até o aeroporto, pegaram um voo para Campo Grande, e lá alugaram um carro. O destino seria a cidade de Bonito.