Presos acusados de comandar tráfico de drogas em morro de Vitória

Polícia

Presos acusados de comandar tráfico de drogas em morro de Vitória

Após uma denúncia anônima, três jovens de 18 anos foram presos e um menor de 16 anos foi apreendido. Wilian Fortunato, Italo Costa, Leonardo Santos, Gabriel Mota e o adolescente são suspeitos de fazerem parte da gangue que comanda o tráfico de drogas no Morro do Macaco, em Vitória. 

Todos os quatro detidos moram no bairro Itararé, também em Vitória. Eles estavam em um carro quando foram abordados pela polícia. A suspeita era de que homens em um carro preto estariam atirando no bairro Andorinhas. Com a informação de que eles seriam traficantes que comandam o Morro do Macaco, os policiais foram até a região, onde localizaram o carro. O veículo era roubado.

“Alguns moradores informaram que eles saíram com armas em punho e foram para dentro de uma mata. Nós entramos na mata, fizemos buscas e ao chegar no alto do morro nós avistamos os quatro”, contou o sargento Jam, da Polícia Militar.

Durante a caça aos suspeitos uma nova denúncia chegou até a polícia. Armas estariam escondidas no terraço de uma das casas, no Morro do Macaco. Duas pistolas, um revólver calibre 38, munição e mais de R$ 300 em dinheiro foram encontrados dentro de uma mochila, embaixo da caixa d’água.

“Eles simplesmente entraram em uma casa, que havia apenas uma criança, foram até o terraço para guardar a mochila e desceram. Depois eles voltariam lá para busca o material”, disse o sargento.

Os suspeitos foram levados para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Vitória. Segundo o sargento, o tiroteio que levou a prisão dos rapazes é mais um episódio da disputa pelo comando do tráfico de drogas.