Dupla assalta cerca de dez pessoas e é presa após sofrer acidente em Vila Velha

Polícia

Dupla assalta cerca de dez pessoas e é presa após sofrer acidente em Vila Velha

Uma balconista de padaria, um professor, um motorista de ônibus, e mais sete pessoas teriam sido alvo dos suspeitos. O acidente aconteceu na Carlos Lindemberg

Por conta da quantidade de celulares encontrados com os suspeitos, a polícia acredita que eles abordaram pelo menos dez pessoas Foto: TV Vitória

Dois jovens foram presos acusados de assaltarem cerca de dez pessoas em bairros diferentes e sofrerem um acidente em Vila Velha. Os crimes aconteceram na manhã desta quarta-feira (31), por volta das 5 horas. Uma balconista de padaria, de 24 anos, de Soteco; um professor, de 29 anos, de Vale Encantado; um motorista de ônibus, de 45 anos, do Ibes; e mais sete pessoas foram alvo da dupla quando saíam para trabalhar.

A primeira vítima foi a balconista. “Eu chegava no ponto de ônibus, sentei e o rapaz levantou a camisa para mostrar que estava armado. Eu nem olhei e já fui entregando o celular, ele pediu a bolsa e eu entreguei. Ele levou tudo”, contou. 

Em seguida os criminosos, que utilizavam uma moto que tem restrição de furto e roubo, foram para Araças. No bairro, renderem um assistente administrativo. O jovem estava acompanhado de um casal e seguia para o ponto de ônibus. Ele foi rendido, agredido e teve o celular roubado. 

Já por volta das 5h30, os assaltantes estavam em Vale Encantado. A vítima foi o professor. “Foi muito rápido. Eu não tive nem tempo de pensar. Eles estavam em dois, numa moto. O cara da garupa desceu anunciando o assalto e dizendo que eu iria morrer. Pediram o telefone, eu entreguei, o rapaz que estava ao lado também entregou e eles foram embora. Foi coisa de segundos mesmo”, disse o professor.

Pouco antes de 6 horas, o alvo foi um motorista. Ele tinha acabado de descer do ônibus no bairro Ibes. “Veio uma moto por trás e me fechou. Haviam duas pessoas na moto. Um rapaz desceu com uma pistola apontando para mim e pedindo o relógio. Eu tentei tirar e ele começou a me pressionar para andar logo, pois iria me matar. Eu não consegui tirar e ele pediu o celular, pegou e saiu”, relatou. 

A dupla seguiu em direção à Avenida Carlos Lindemberg, mas em um cruzamento eles acabaram batendo. O carro atingido é da filha de um mecânico. “Ela vinha pela avenida quando o sinal estava aberto para ela. Eles tentaram atravessar e acabou acontecendo a batina”, afirmou o pai.

Um policial militar que estava saindo do trabalho viu o acidente e se aproximou para ajudar. Ele suspeitou dos dois jovens e pediu para ver a mochila deles. Na bolsa havia dez aparelhos de celular e uma pistola falsa. Loran Henrique Nascimento e Rodrigo Ramos Ribeiro, ambos com 18 anos, foram detidos em flagrante.

A prisão contou com a ajuda da Guarda Municipal de Vila Velha. Por causa do acidente, a dupla foi levada sob escolta policial para o Hospital Antônio Bezerra de Faria. Por conta da quantidade de celulares encontrados com os suspeitos, a polícia acredita que eles abordaram pelo menos dez pessoas.