Nove pessoas são detidas em operação policial no interior de Itapemirim

Polícia

Nove pessoas são detidas em operação policial no interior de Itapemirim

A localidade de Graúna é alvo de disputa de quadrilhas rivais, que brigam pelo tráfico no local. Segundo a Polícia Civil, bandidos de Vitória estão apoiando a ‘guerra’ no local

Durante a ação na localidade de Graúna, os policiais apreenderam drogas, armas e prenderam nove pessoas Foto: ​André Ferrari/PanoramaES

Na manhã desta sexta-feira (9), nove pessoas foram detidas durante uma operação, deflagrada pelas polícias Civil e Militar de Itapemirim, na localidade de Graúna, alvo de disputa de traficantes rivais. Entre os detidos, está o autor do assassinato do motoboy Jociélio da Silva Carneiro, de 18 anos, ocorrido na última terça-feira (6).

De acordo com o delegado Djalma Pereira Lemos, a ação foi uma resposta a violência na comunidade. “Tanto a Polícia Civil como a Polícia Militar estão atentas ao que vem acontecendo em Graúna. Após uma morte, ocorrida no início do ano, onde um adolescente baleou o Rafael, envolvido em vários roubos em nossa cidade, fez com que a família da vítima quisesse ‘correr atrás do prejuízo’, e começou a violência”, comenta. 

O objetivo da operação era tirar de circulação integrantes de duas quadrilhas, que disputam o tráfico no local. “Essas quadrilhas que estão à luz do dia usando arma e coagindo moradores tinha que ser tiradas de circulação. Não podemos permitir que em nossa cidade fatos como esse ocorra. E conseguimos, com essa operação, prender, não só vários integrantes das duas quadrilhas, mas também apreender drogas, armas além de identificar e prender o autor do crime do motoboy”, continua Djalma.

Durante a ação, foi preso Gerôncio Ferreira de Oliveira Junior, de 18 anos, apontado como autor do assassinato do motoboy. O segundo suspeito não foi localizado. Ele teve a prisão decretada pela Justiça do município. “O que temos na comunidade hoje são dois grupos rivais. Graúna passou a ser foco da criminalidade com a guerra entre traficantes, com o apoio de bandidos de Vitória, que estão tentando se esconder na comunidade”, completa.