• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Juiz exige que diretor de delegacia onde Hilário está preso explique saída ao dentista

Polícia

Juiz exige que diretor de delegacia onde Hilário está preso explique saída ao dentista

Acusado de matar a ex-esposa, a médica Milena Gottardi, o policial civil saiu da Delegacia de Novo México para ir ao dentista, nesta segunda-feira

O juiz Marcos Pereira Sanches, da 1ª Vara Criminal de Vitória, determinou que o diretor da delegacia em que o policial civil Hilário Frasson está preso, em Novo México, Vila Velha, esclareça a saída de Hilário da unidade. O magistrado determinou ainda que, no prazo de 48 horas, seja apresentado um relatório circunstanciado do ocorrido, que deverá ser apresentado ao Ministério Público Estadual.

O juiz reconhece que todo preso, inclusive o provisório, tem direito a tratamento médico, farmacêutico e odontológico, mas ressaltou que o esclarecimento é necessário para que haja maior transparência sobre o fato.

Acusado de ser o mandante do assassinato da ex-esposa, a médica Milena Gottardi, Hilário Frasson saiu do 19º Distrito Policial de Novo México, na manhã desta segunda-feira (30), para ir ao dentista, na Praia da Canto, em Vitória.

Sem algemas, Hilário voltou à delegacia por volta de 11 horas, em uma viatura descaracterizada da Polícia Civil. Os policiais estacionaram o veículo do lado de fora e ele entrou pela porta da frente.

De tênis, calça jeans e camisa de marca, o policial chegou ao local pouco depois das 9 horas. A consulta durou cerca de uma hora e quatro policiais civis acompanharam o acusado durante o atendimento. Funcionários não foram autorizados a informar que tipo de procedimento foi realizado.

Veja!