Obesos podem não precisar mais passar por roleta de ônibus no Espírito Santo

Política

Obesos podem não precisar mais passar por roleta de ônibus no Espírito Santo

Segundo projeto de lei, aprovado em plenário na Assembleia Legislativa, esses passageiros deverão continuar pagando a tarifa, mas poderão ficar na parte da frente dos coletivos

Obesos deverão continuar pagando a tarifa, mas não vão mais precisar passar pela roleta do ônibus Foto: Divulgação

Pessoas obesas poderão não ser mais obrigadas a passar pelas catracas dos ônibus e terminais rodoviários do Espírito Santo. A proposta é do presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado Luiz Durão (PDT).

O projeto de lei foi aprovado em plenário, na sessão ordinária de terça-feira (02). Caso seja sancionado pelo governador do Estado, os obesos poderão se acomodar na parte da frente dos ônibus, informando ao cobrador a intenção de não passar pela roleta. 

A proposta, no entanto, não garante passe livre aos obesos, que deverão pagar a tarifa e se certificar de que a catraca será girada pelo cobrador, computando o valor pago e o incluindo no número de passageiros do ônibus.

O deputado alega que o objetivo do projeto de lei é proteger as pessoas que possuem dificuldade para se locomover, devido ao excesso de peso, de situações vexatórias perante os outros usuários do sistema coletivo.

"Essas pessoas são portadoras de necessidades especiais e devem ser tratadas como tal. Merecem respeito e não podem estar sujeitas a situações vexatórias", disse Durão.