• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Poluição pode prejudicar quem pratica exercícios ao ar livre

Saúde

Poluição pode prejudicar quem pratica exercícios ao ar livre

Doenças crônicas como bronquite e enfisema pode apresentar piora nos sintomas

Larissa Agnez

Redação Folha Vitória
Foto: Pixabay
Dar preferência aos locais rodeados por árvores e fora do centro urbano é uma boa alternativa para "fugir" da poluição. 

Ano novo começando e muita gente se compromete a deixar o sedentarismo de lado e praticar exercícios físicos. Como o verão está reinando, os calçadões das praias ficam lotados de pessoas caminhando, correndo, andando de bicicleta, entre outras atividades. 

Mas se exercitar ao ar livre em locais com altos índices de poluição pode afetar diretamente os efeitos das práticas de exercícios, principalmente em idosos e pessoas com doenças pulmonares crônicas.

A médica pneumologista Jéssica Polese relata que ao se exercitar em locais com muito movimento de carros e ônibus, quem já possui doenças crônicas como bronquite e enfisema pode apresentar piora nos sintomas. “Por isso, é recomendável que eles busquem lugares fechados ou arborizados para realizar essas atividades”, ressalta.

Jéssica afirma ainda que os gases poluentes emitidos principalmente por veículos e indústrias facilitam infecções respiratórias como pneumonias, sinusites e tuberculose. “Além disso, pesquisadores estão percebendo que essa poluição provoca estresse oxidativo, responsável por causar arritmias, hipertensão, coronariopatias (infarto) e acidentes vasculares cerebrais (AVC)”.