• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Tratamento odontológico recupera a auto-estima dos adolescentes

Saúde

Tratamento odontológico recupera a auto-estima dos adolescentes

A saúde bucal dos pacientes que estão passando pelo momento de transição da infância para a puberdade requer uma atenção especial

Foto: Divulgação
Dentistas recomendam inciar o tratamento ortodôntico logo que os problemas são identificados. 

A adolescência é um momento de muitas transformações físicas e emocionais para os jovens. Entre os aspectos envolvidos nesta etapa está a questão do sorriso, que afeta diretamente na construção da auto-estima. Na odontologia, a área que cuida disso é a Odontohebiatria.

A cirurgiã-dentista e ortodontista, Janaína Melo, destaca que os problemas orais podem causar comprometimentos biológicos, emocionais e sociais no adolescente. “Daí, a importância de cuidar da saúde bucal como um todo. Uma infecção pode acarretar diversos outros problemas. A estética do sorriso pode afetar o lado emocional, e na vida social, o jovem pode se excluir e, infelizmente, até mesmo ser excluído no trabalho”.

Janaína lembra que entre as doenças bucais que mais acometem os jovens estão a cárie, doença periodontal, má oclusão – devido ao mau posicionamento de dentes e dos ossos, traumatismo ocasionados por quedas, acidentes, pancadas e nascimento do ciso, que pode alterar a arcada dentária.

Por esses e outros motivos, o dentista deve estar preparado para atender esse paciente tão especial, o que inclui estar livre de preconceitos e estereótipos e entendendo o seu universo.

É importante salientar que nessa fase o cirurgião-dentista também tem o papel de educador e motivador, para introduzir na rotina do adolescente o cuidado com a saúde bucal e conscientizá-lo da sua importância para a saúde geral. Um exemplo é quando o profissional detecta o uso de drogas. “A relação de confiança é essencial entre o dentista e o paciente, que precisa ficar à vontade para tirar suas dúvidas, sem vergonha ou receio. O profissional também passa a ter uma visão mais ampla da saúde do jovem e pode ajudá-lo neste momento”, ressalta Janaína.

E, claro, contribuir para a solução dos problemas ortodônticos, cuja origem não está somente nos dentes, mas no crescimento dos ossos que os sustentam. “Ossos em crescimentos são passiveis de serem manipulados e ter seus crescimentos alterados com o tratamento ortodôntico, garantindo o sorriso tão esperado por eles” finaliza a cirurgiã-dentista.