• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Você pode estar contaminado pelas doenças de verão! Saiba como se prevenir!

Saúde

Você pode estar contaminado pelas doenças de verão! Saiba como se prevenir!

O calor facilita a propagação de vírus e bactérias, aumentando a incidência das doenças como gastroenterite, intoxicação alimentar e desidratação

Larissa Agnez

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação
Gastroenterite, intoxicação alimentar e desidratação são doenças comuns em épocas quentes. 

Basta aumentar alguns graus no termômetro e os reflexos já começam a surgir. Sensação térmica de calor intenso, boca seca, fadiga, perda de apetite e náuseas, são alguns exemplos de sintomas comuns das chamadas doenças de verão. Desidratação, gastroenterite, insolação e até mesmo a intoxicação alimentar são algumas delas.

Pessoas que sofrem desses males, também apresentam sintomas como queda de pressão, vômitos e diarreia. Neste caso, Mariana Pacheco, gastroenterologista do Grupo Meridional, explica que se hidratar é a melhor maneira de combater as doenças de verão. Segundo a médica, quando elas já estão avançadas no organismo, a solução é procurar um médico para receber o tratamento adequado. " É prescrito remédio para vômito e para dor abdominal. Alguns pacientes precisam de antibióticos, principalmente quando a doença apresenta sinais bacterianos".

Foto: TV Vitória
Mariana Pacheco, gastroenterologista do Grupo Meridional. 

A especialista ressalta que no caso da gastroenterite avançada, os sintomas mais comuns são febre alta e sangramento nas fezes. Algumas medidas importantes ajudam a prevenir não só a gastroenterite, mas também a desidratação. "É importante verificar a validade e qualidade dos alimentos ingeridos, lavar bem as mãos, beber bastante água, no mínimo dois litros por dia, e evitar locais aglomerados e muito quentes", comentou Mariana.

Um dos problemas da gastroenterite é que consequentemente ela desencadeia a desidratação, porque os sintomas de vômito e diarreia - comuns em quem está com a doença- são a forma que o organismo encontra de "jogar fora" aquilo que está fazendo mal para o corpo. Neste caso, um remédio antigo e fácil, pode ajudar a combater a doença, o soro caseiro. "Basta misturar uma colher de sopa de açúcar e uma colher de café de sal, em um litro de água filtrada, fervida ou mineral, e em seguida beber", receitou a médica do Grupo Meridional.

Verão e doenças

As doenças são comuns no verão porque passar horas na praia, piscinas e em áreas de lazer, faz com que as pessoas não se alimentem adequadamente, ou não tenham atenção a conservação das comidas em dias quentes. Os alimentos estragam com mais facilidade no calor, além disso aumentam o risco de contaminação de vírus e bactérias que se propagam com mais facilidade. No verão, o organismo também gasta, geralmente, mais água do que o ingerido, e dessa forma as doenças surgem.

Casos

Foi fácil perceber que havia algo errado com Antonela, de 2 anos. A garotinha agitada, que está sempre com um sorriso no rosto, de repente apareceu amuada, sem achar graça até nos brinquedos preferidos. Logo, começou a surgir outros sintomas. "Antonela acordou de madrugada passando mal, vomitando e febril", explica Mayara Motta, mãe de Antonela.

Foto: TV Vitória
Antonela foi contaminada pela gastroenterite. 

A primeira tentativa foi administrar remédios em casa, mas não adiantou. O pronto socorro foi a opção mais segura. "Fui com ela para o hospital, e o diagnóstico foi a gastroenterite, a partir dai ela foi medicada por injeção e começou a melhorar, beber água e comer", disse Mayara.

Após o susto, a mãe de Antonela diz estar mais atenta com os alimentos e líquidos ingeridos pela filha. "Fico prestando atenção na água, na alimentação, não deixo comer qualquer coisa na rua, porque a doença pode vir do alimento".

Outro caso é o da professora de educação física, Kariny Vianez, de 38 anos, que após comer docinhos em uma festa começou a passar mal, e o acontecimento foi mais preocupante porque ela está grávida. "Senti desconforto abdominal, o intestino respondia mal e comecei a vomitar", relatou Kariny.

Após buscar ajuda médica e tratar a intoxicação alimentar, a professora comenta que está mais atenta. "Observo tudo que como, evito comer fora de casa. E os lanches estão sendo frutas e alimentos leves. Se eu já tinha preocupação, agora aumentou mais", finalizou a gestante. 

O Jornal da TV Vitória preparou uma série com três reportagens especiais sobre Doenças de Verão. Abaixo, você confere o primeiro episódio que fala sobre gastroenterite e desidratação.