• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sesa alerta para incidência de arboviroses durante o verão no ES

Saúde

Sesa alerta para incidência de arboviroses durante o verão no ES

Dengue, Zika e chikunguya estão entre as principais; mosquito é o transmissor

Foto: Divulgação

Dias ensolarados, praias lotadas ou dias com tempo encoberto e chuvas, mas com altas temperaturas. Essas são as principais características do verão, período em que pode haver aumento da incidência de doenças típicas da estação, as arboviroses, doenças causadas pelos chamados arbovírus como a dengue, a zika e a chikungunya.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo, quando essas características se associam ao comportamento das pessoas, que muitas vezes não realizam os devidos cuidados em casa, permitem possibilidades de manter criadouros do mosquito Aedes aegypti, o que aumenta a incidência das doenças, porque elas ocorrem por meio da picada do mosquito. 

Por isso, é fundamental que as pessoas eliminem locais com água parada como pneus em locais abertos, vasos de plantas, calhas, entre outros.

3º boletim da dengue: Foram notificados 2.450 casos de dengue no Espírito Santo com incidência de 60,97 casos por 100 mil habitantes entre a semana epidemiológica (SE) 01 (29/12/2019 a 04/01/2020) e a semana epidemiológica (SE) 03 (12/01/2020 a 18/01/2020). 

3º boletim da zika: A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informa que foram notificados 18 casos de infecção pelo zika vírus no Espírito Santo entre a semana epidemiológica (SE) 01 (29/12/2019 a 04/01/2020) e a semana epidemiológica (SE) 03 (05/01/2020 a 11/01/2020). 

3º boletim da chikungunya: A Secretaria da Saúde (Sesa) informa que foram notificados 1.011 casos de chikungunya no Espírito Santo entre a semana epidemiológica (SE) 01 (29/12/2019 a 04/01/2020) e a semana epidemiológica (SE) 03 (12/01/2020 a 18/01/2020).