• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Padaria modelo: pães artesanais estão entre as tendências para a alimentação em 2019

Saúde

Padaria modelo: pães artesanais estão entre as tendências para a alimentação em 2019

Pães, queijos, iogurtes, doces e até cervejas produzidos de forma local conquistaram o paladar dos consumidores nos últimos anos, em um processo que vai à contramão da industrialização

Foto: Divulgação

O resgate da simplicidade e da vida saudável coloca as técnicas artesanais entre as tendências para a alimentação em todo o mundo. Esse interesse trouxe à tona a valorização da fermentação natural dos pães, que são produzidos em um processo que demora até 48 horas para ser concluído. 

A qualidade e o sabor inigualáveis fizeram com que esse produto se transformasse em uma das tendências para o mercado em 2019, segundo levantamento divulgado pela Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (ABIP). “Os pães de fermentação natural trazem de volta a essência da produção artesanal. O processo em si não é uma descoberta recente. A novidade é a forma como essa produção foi sendo aprimorada, inclusive com as opções de sabores e apresentações diferenciadas”, explicou Flávio Mendes, diretor de uma confeitaria no Espírito Santo.

A empresa pesquisa os benefícios da utilização da massa madre no processo de produção dos pães de fermentação natural há cinco anos. De olho no crescimento desse mercado, ela lançou recentemente a linha de pães de fermentação natural, que conta com mais de 14 opções, todos produzidos com fermentação lenta.

Foto: Divul

Além de garantir mais sabor, textura e aroma ao alimento, os pães de fermentação natural têm diminuição do índice glicêmico, permitem melhora no trânsito intestinal e podem ser consumidos por pessoas sensíveis ao trigo, pois o processo de fabricação lenta quebra a proteína do glúten.

Outra característica marcante é a rusticidade, com aspecto crocante por fora e macio por dentro. “A nossa produção é totalmente artesanal, com o uso de uma farinha francesa de alta qualidade, além de outros ingredientes nobres, como nozes, castanha, azeite e azeitonas”, completou Alexandre Rezende, sócio da empresa.

Serviço

A Monte Líbano já produz pães com essa técnica há três anos, mas ampliou a proposta com outras opções, desenvolveu novas técnicas e processos, investiu em equipamentos, ingredientes e estrutura física. O resultado é uma linha completa e variada de pães, dentre eles o Pão Canpagne, Baguete, Fougasse de Azeitona e o Pão de Cacau. “Esses produtos têm sido muito bem aceitos pelos consumidores, que mudaram seus hábitos de consumo e a cada dia valorizam mais a produção artesanal e os alimentos saudáveis”, finalizou.