• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Entenda a diferença entre lipoaspiração e lipofracionada

Saúde

Entenda a diferença entre lipoaspiração e lipofracionada

Nova técnica é minimamente invasiva; cirurgião plástico compara os efeitos dos procedimentos

Foto: Divulgação / Pexel

A lipoaspiração é uma das principais cirurgias realizadas no Brasil. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o procedimento corresponde a 16,1% das cirurgias plásticas, ficando atrás somente do aumento de mama.

O estilo de vida sedentário, com dietas baseadas em gordura e açúcar, leva ao ganho de peso e ao acúmulo de gordura localizada que, mesmo com o emagrecimento e a prática de atividades físicas, insistem em permanecer na região atingida. 

Por isso, muitas pessoas acabam recorrendo ao procedimento para a melhora do contorno corporal, através da eliminação de gorduras em partes pontuais do corpo. Mas, para quem prefere não se submeter a procedimentos com uma recuperação mais demorada e que exigem muitos cuidados, existem opções de tratamentos minimamente invasivos também com resultados positivos para o paciente. Como é o caso da lipofracionada.

De acordo com o cirurgião plástico Victor Cutait, o procedimento em si é uma lipoaspiração, porém realizada com anestesia local e em uma região corporal por vez, divididas por etapas semanais. Por isso, a lipofracionada pode ser realizada em ambiente ambulatorial, não sendo necessária a internação em hospital.

“O cirurgião inicia o processo através da aplicação de anestesia local em áreas específicas. Após anestesiar localmente todo tecido gorduroso, quebra-se a gordura com ultrassom (lipoclasia), e por meio de uma cânula fina e de um aparelho chamado vibrolipoaspirador, inicia-se a lipoaspiração propriamente dita”, explica o cirurgião.

A lipofracionada tem diversas vantagens se comparada a lipo tradicional. O primeiro benefício da lipofracionada é que, como o paciente está acordado durante a cirurgia, é possível movimentá-lo e ter uma melhor visualização da gordura, obtendo melhores resultados.

Outro grande benefício é que na lipofracionada não há limites para aspirar. Em cada etapa retira-se até 5% do peso, respeitando a normativa do Conselho Federal de Medicina. Como são realizadas várias etapas, retira-se toda gordura localizada independentemente se o paciente está acima do peso.

Outra vantagem é o tempo de recuperação. Por ser um procedimento menor e sem grandes intervenções, não há necessidade de interromper as atividades cotidianas - o paciente pode voltar à sua rotina de trabalho no dia seguinte, porém evitando atividades bruscas. É preciso, no entanto, seguir cuidados no pós-operatório, como o uso de cinta, drenagem linfática e evitar a exposição solar.

Além disso, há o benefício de ser um procedimento seguro. “Como é uma intervenção menor do que a lipoaspiração tradicional, dividido em etapas e com anestesia local apenas na pele e na gordura, os riscos de embolia e perfuração são nulos”, finaliza Dr. Victor.

Entenda as diferenças entre a lipoaspiração tradicional e a lipofracionada

Foto: Divulgação

Lipoaspiração tradicional

● Internação em ambiente hospitalar;

● Retira-se apenas 5% do peso;

● Pode ser aplicada a anestesia geral, em que o paciente fica desacordado. durante o procedimento; ou anestesia. peridural, onde apenas os nervos envolvidos são anestesiados. Aumentando a complexidade da cirurgia;

● Recuperação em torno de 30 dias;

● Resultados definitivos após 6 meses.

Lipo fracionada

● Qualquer pessoa que apresente gordura localizada, pode realizar, independente do peso que ela se encontra;

● Como e feita por partes retira-se toda a gordura;

● Não é necessária a internação em ambiente hospitalar, o que reduz o custo total do procedimento;

● Aplicação de anestesia local em áreas específicas;

● Não há necessidade de afastamento das necessidades cotidianas;

● Sem risco de complicações.