Exercícios físicos após prótese de silicone: quando retomar?

Saúde

Exercícios físicos após prótese de silicone: quando retomar?

Para um bom resultado, após a cirurgia é fundamental cumprir o tempo de repouso indicado pelo médico e voltar à rotina aos poucos

Foto: Divulgação
Duas semanas é o tempo mínimo que se deve aguardar para voltar a fazer esforço físico, até mesmo hábitos como trabalhar, dirigir e se esforçar. 

A prótese de silicone é um sonho para muitas mulheres que querem ter seios maiores, mais modelados e firmes. Para um bom resultado, além de seguir as orientações pré-operatórias, após a cirurgia é preciso obedecer ao tempo de repouso, especialmente, em relação à prática de atividades físicas. 

Segundo o cirurgião plástico Fábio Zamprogno, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, é fundamental aguardar cerca de duas semanas para retomar atividades como se exercitar, trabalhar, dirigir, carregar peso e ter relação sexual.

“O retorno da malhação pode ocorrer depois de três semanas e, preferencialmente, com atividades de baixo impacto, como caminhadas. A musculação dos membros inferiores pode ser feita, mas com cuidado para não exigir o apoio dos braços”, explica o médico.

Já com os membros superiores, os cuidados devem ser redobrados. “O repouso total dos braços vai variar de acordo com o local onde a prótese foi colocada. Para implantes por cima da musculatura, o período de cicatrização leva de 30 a 40 dias. Já para implantes por baixo do músculo, esse tempo sobre para 60 dias”, ressalta Zamprogno.

Passado esse tempo, a paciente deverá ter uma nova avaliação para que o médico julgue se é possível retomar a musculação parcial dos membros superiores, que deve se limitar aos bíceps e tríceps, evitando exercícios na região dos ombros, peitoral e costas.

Após a liberação do médico para a realização do exercício completo dos braços, ainda é preciso prudência e o acompanhamento de um profissional de Educação Física para evitar lesões. “Mesmo aquela paciente acostumada a malhar antes da cirurgia, devido ao repouso, perderá parte do seu condicionamento físico. Por isso, é preciso recomeçar com cargas leves, que devem ser aumentadas gradativamente com a evolução muscular”, orienta o cirurgião.