Candidíase oral: o que é e como tratar?

Saúde

Candidíase oral: o que é e como tratar?

Fungo pode acometer até bebês, e a ingestão de iogurtes ajuda a equilibrar flora bacteriana.

Larissa Agnez

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação
Lesões brancas na língua são sinais da doença.

A candidíase oral pode acometer pessoas de qualquer idade, desde bebês até idosos. Quando o fungo se acumula na boca a doença se manifesta, causando lesões brancas na língua ou parte interna das bochechas, além de irritação e vermelhidão no céu da boca em pessoas que usam próteses totais (prótese dentária, que substitui artificialmente os dentes perdidos de toda uma arcada dentária). 

O especialista em Periodontia Umberto Ramos, explica que a candidíase pode ser confundida com a leucoplasia, lesões que podem sinalizar problemas mais graves e que necessitam diagnostico rápido. As leucoplasias são lesões brancas de bordo irregular e podem se assemelhar com a candidíase.

"O tratamento da candidíase se concentra em evitar a propagação da infecção fúngica. Em bebês e crianças, pode desaparecer por si só e não demandar tratamento. O iogurte pode ser um aliado em caso de lesões, já que ajuda a restabelecer o equilíbrio bacteriano. O frequente e indiscriminado uso de antibióticos pode promover o crescimento do fungo cândida", explicou o especialista. 

Umberto orienta que para evitar a produção ou reincidência da candidíase, as pessoas devem ter uma rotina de cuidado bucal e consultar o dentista se apresentar qualquer tipo de lesão na língua ou na boca, para determinar a causa do problema e planejar o tratamento.