Brasil é o 2º país com o maior número de pessoas com Síndrome de Burnout

Saúde

Brasil é o 2º país com o maior número de pessoas com Síndrome de Burnout

Além disso, o País também apresenta a maior taxa de pessoas que sofrem com ansiedade e o quinto em casos de depressão

Foto: Divulgação

De acordo com a International Stress Management Association (ISMA-BR), o Brasil é o segundo país com o maior número de pessoas afetadas pela Síndrome de Burnout, caracterizada pelo alto nível de estresse, no mundo. Atualmente, vivemos em uma sociedade muito preocupada com a saúde mental, mas que paga um preço muito alto quando falamos das nossas nossas emoções e direcionamentos racionais. 

Além disso, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o Brasil também é o país com a maior taxa de pessoas que sofrem com ansiedade e o quinto em casos de depressão. Algumas das principais causas são as cobranças diárias, o excesso de atividades para realizar, pressão psicológica, entre outras. Nem todos possuem um quadro clínico grave, mas ela pode ser elevada se não for cuidada com antecedência.

É importante lembrar que pequenas mudanças diárias podem fazer a diferença, como ter um tempo para si e fazer o que você mais gosta, entender que nem sempre vai sair como planejado, atividade física, sessões de relaxamento ou mesmo terapia e assim por diante. Pensando nisso, a A Fórmula, rede de franquia de farmácias de manipulação, desenvolveu um material com formulações que podem funcionar como suplementos que auxiliam no dia a dia com o cuidado da saúde mental.

"Cada proposta de produto manipulado teve como objetivo atuar na modulação da mente para diversas situações e necessidades do indivíduo na atualidade, tendo inclusive o cuidado em ser numa forma farmacêutica apropriada, a exemplo de cápsulas ou até mesmo chocolate com todo o cuidado de manipulação e estabilidade merecida. Vale ressaltar que cada indicação pode ser personalizada ainda mais pelo prescritor, incluindo desde vitaminas, fitoterápicos até mesmo substâncias de controle e prescrição restrita médica, ressaltando que os mesmos devem ser indicados pelo especialista que avaliará o quadro clínico, auxiliando no processo de desenvolvimento e melhoria do indivíduo para sua manutenção do seu cotidiano equilibrando a saúde física, mental e o bem-estar", afirma a Fernanda Magalhães, gerente P&D da A Fórmula.

Affron

Manipulado fitoterápico composto de bioativos como crocina e safranal, que tem como objetivo auxiliar na proteção do sistema nervoso central do estresse, devido a sua capacidade antioxidante, pois os transtornos de humor estão associados a níveis elevados dessa sensação que tem respostas inflamatórias e negativas.

Ele pode ser indicado para melhorar o humor, reduzir o cansaço, estresse e ansiedade, além de melhorar a qualidade do sono. Seu uso é recomendado em duas doses fracionadas ao dia, de 28mg, por via oral.

Magnésio L-Treonato

Todos nós possuímos glândulas pituitária e adrenal, que são as responsáveis por modular a resposta orgânica relacionada a por exemplo o estresse. O mineral magnésio é considerado um vanguardista na melhora da função cerebral modulando de certa forma a regulação dessas glândulas. Isso acontece, pois, ele atua diretamente nos neurotransmissores que enviam as mensagens do cérebro para o resto do corpo.

Normalmente as pessoas indicadas para o uso são aquelas que procuram melhora na memória de curto e longo prazo, eleva o aprendizado e para quem sofre de ansiedade, estresse e depressão.

Melatonina

A melatonina tem multifunções, mas a primeira de todas refere-se a sua atuação como receptor específico que está distribuído por todo o organismo, promovendo o efeito cronobiótico, muito importante para regularização ideal do sono, tão importante na regulação até do peso. Assim, a segunda função dele é regulando cada uma das etapas do balanço energético, ou seja, ingestão alimentar, fluxo e dispêndio energético.

Entre outras inúmeras funções, a melatonina é muito importante como um coadjuvante no tratamento de doenças neurodegenerativas, que geram distúrbios do sono, ritmos circadianos, além de interferir na síndrome metabólica.

A Melatonina é indicada para quem sofre com distúrbio do sono, doenças neurodegenerativas, cronoruptura e distúrbios metabólicos, sendo prescrita apenas por médicos.

Serenzo

Atua na redução das citocinas pós-inflamatórias causadas pelo estresse, além de ser um coadjuvante na modulação do cortisol, auxiliando no controle das alterações comportamentais, ocasionando assim, o equilíbrio emocional, Ou seja, ele age em níveis fisiológicos e comportamentais.

Ele tem sido indicado para auxiliar na diminuição da compulsão alimentar associado à ansiedade, contribui no controle da irritabilidade, alterações de humor e sono, e proporciona redução das respostas de dores inflamatórias causadas pelo estresse.

Vitamina B2

Essa vitamina é necessária para o bom funcionamento do ciclo de metilação, produção de monoamina oxidase, síntese de DNA, reparação e manutenção de fosfolípidos, promovendo a saúde mental, modulando inclusive enxaqueca, onde no que se refere-se ao nível bioquímico referente a depressão, ansiedade e estresse.

"Todas essas substâncias e outras que compõem fórmulas que foram pensadas e estudadas para serem complementos importantes no combate a essas dificuldades mentais que refletem nas emoções e atitudes. Há sempre uma necessidade da avaliação de um profissional especializado para entender as suas particularidades, avaliar deficiências bioquímicas e fazer um diagnóstico mais preciso, podendo inclusive fazer uso de substâncias psicoativas se porventura o paciente precisar, no entanto, prevenir faz parte de se cuidar, auto avaliar e saber que seus limites precisam ser conhecidos e reconhecidos. Cuide-se, saúde é um conjunto de físico, mental e social", finaliza a Fernanda Magalhães, gerente P&D da A Fórmula.