• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Covid-19 pode causar problemas circulatórios em pacientes

Saúde

Covid-19 pode causar problemas circulatórios em pacientes

Situações têm sido observadas em pacientes após o décimo quinto dia com a doença, assim como ocorreu com o apresentador Rodrigo Rodrigues

Foto: divulgação/freepik

A princípio, o sintoma principal da covid-19 era a falta de ar. Aos poucos, outros sinais foram sendo detectados e, mais recentemente, percebeu-se a incidência de problemas circulatórios em pacientes contaminados com o novo coronavírus.  Esta relação ficou ainda mais em destaque com a morte do apresentador Rodrigo Rodrigues, vítima de trombose venosa cerebral, decorrente da contaminação pelo novo coronavírus. 

O jornalista estava internado desde o sábado passado (25) no Hospital da Unimed, no Rio de Janeiro, onde passou por uma cirurgia. Em entrevista ao canal SporTV, o médico e diretor do hospital, Gabriel Massot, explicou o quadro. “O Rodrigo chegou ao hospital no sábado com quadro sugestivo de acidente vascular cerebral. (...) Houve um extravasamento do sangue de dentro dos vasos, o que gerou um aumento da pressão intracraniana. Foi abordado cirurgicamente para que houvesse um controle do sangramento e diminuição da pressão, mas infelizmente ele não resistiu”, conta.

Doença se agrava 

De acordo com a cirurgiã vascular e angiologista, Moriane Lorenzoni, a covid-19 está se mostrando ser algo bem mais complexo, conforme se espalha pelo mundo. “Há muitos casos de pacientes que chegam aos hospitais com diagnósticos de problemas cardíacos e renais causados pela doença. Isso pode ter relação com a ação do vírus Sars-CoV-2 em receptores envolvidos no controle do sistema circulatório — o que estaria desencadeando infartos e acidentes vasculares cerebreais (AVCs) entre pacientes sem histórico de doenças cardiovasculares”, explica.

A médica reforça que os estudos ainda estão em andamento. “Observamos a evolução dos problemas vasculares em pacientes que estão na fase tardia, após o 15º dia com covid-19. Mas, os fatores ainda estão sendo investigados e escritos”, pondera.

Entenda o caso

Rodrigo Rodrigues apresentou o programa Troca de Passes, do SporTV, pela última vez no dia 9 de julho, quando relatou que um amigo com quem tivera contato recente testou positivo. No dia 13, o apresentador fez o exame, que também diagnosticou a covid-19. Desde então, cumpriu o isolamento em casa, com acompanhamento da equipe médica da Globo.

Inicialmente, apresentou sintomas leves, como falta de paladar e olfato, mas disse que se sentia bem. No entanto, a situação mudou no último sábado, quando deu entrada no hospital com vômitos, desorientação e dor de cabeça.