• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Municípios do Espírito Santo superam a meta de vacinação contra pólio e sarampo

  • COMPARTILHE
Saúde

Municípios do Espírito Santo superam a meta de vacinação contra pólio e sarampo

A meta preconizada pelo Ministério da Saúde era de vacinar 95% de crianças de 01 até menores de 5 anos de idade

Espírito Santo é quinto no Ranking dos Estados a terem concluído a meta de imunização. 

O Espírito Santo alcançou a meta de 95% de crianças imunizadas na Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite, que terminou na sexta-feira (31) e se consagrou o primeiro estado Região Sudeste a atingir a meta. Além disso, os municípios de Vila Velha, Linhares, Nova Venécia e Cachoeiro de Itapemirim superaram a meta estabelecida pelo Secretária de Saúde, que era vacinar 95% do público alvo da campanha.

Dados dos municípios

Linhares: O município possui 9.800 crianças que deveriam ser imunizadas. A secretaria Municipal de Saúde vacinou 100,01% das crianças contra a Poliomelite e 98,53%contra sarampo.

Vila Velha: 102,98%  de crianças foram imunizadas contra o sarampo e 104,39% contra a poliomielite. 

Nova VenéciaNo último dia da campanha, 31 de agosto, o município atingiu a marca de 95,17% do público alvo. Ao todo, foram 2.424 doses aplicadas.

Cachoeiro de Itapemirim: Também superou a meta, vacinando 98,01% do público alvo da campanha.

Relato dos coordenadores

“Adolescentes e adultos até 29 anos sem registro na caderneta tem direito a duas doses de Tríplice Viral com intervalo de 30 dias entre as doses. Adultos de 30 a 49 anos sem registro na caderneta têm direito a uma dose da vacina”, explica a coordenadora de Imunização Municipal de Vila Velha, enfermeira Giovana Ramalho.

“Fizemos uma campanha bem forte de sensibilização sobre a importância da vacinação e tivemos o resultado além do esperado. Por meio desses números é possível perceber que os pais e mães estão conscientes quanto à responsabilidade de levar as crianças para vacinar e isso nos deixa muito feliz. O esforço das equipes de saúde, fazendo busca ativa nas famílias, também foi muito importante para o sucesso da campanha. A vacina é muito importante e atua na prevenção dessas doenças", ressaltou a coordenadora de Imunização da Prefeitura de Linhares, Ana Alves de Oliveira.

“Foi uma ocasião, inclusive, para nós colocarmos em dia as vacinas atrasadas. Teve caso de criança de dois anos que ainda não tinha tomado as de dois meses. Então, queremos agradecer aos pais, aos responsáveis por terem comparecido, lembrando do compromisso que temos de manter o cartão de vacina das crianças em dia”, conta a coordenadora municipal de Imunização de Cachoeiro, Horminda Gonçalves.

O secretário Municipal de Saúde, André Fagundes, falou da dedicação da equipe e do comprometimento dos responsáveis pelas crianças. “Esse bom resultado é fruto da dedicação de toda a nossa equipe que atuou muito bem durante o período da campanha, fazendo chegar ao conhecimento das famílias venecianas de que é importante mantermos uma boa cobertura vacinal, ou seja, as crianças estarem vacinadas contra a poliomielite e sarampo, já que voltamos a registrar casos em partes do país. A aceitação dos pais e responsáveis também foi muito importante porque eles entenderam da necessidade e levaram as crianças para serem vacinadas”, disse.

Gestores públicos terão até 15 dias para informar ao Ministério da Saúde quantas doses da vacina contra o sarampo e contra a poliomielite foram aplicadas durante os quase 30 dias da campanha nacional.