Vitória intensifica busca ativa para vacinar população contra o sarampo

Saúde

Vitória intensifica busca ativa para vacinar população contra o sarampo

A ação acontece especialmente entre trabalhadores que atuam no aeroporto, na rodoviária e em hotéis que recebem muitos turistas na capital

Foto: André Sobral / PMV
Prefeitura de Vitória iniciou busca ativa para vacinar população contra o sarampo

A Secretaria Municipal de Saúde de Vitória (Semus) começou a intensificar, nesta semana, a busca ativa por pessoas que ainda não se vacinaram contra o sarampo. A ação acontece especialmente entre trabalhadores que atuam no aeroporto, na rodoviária e em hotéis que recebem muitos turistas na capital. 

O objetivo da ação, segundo a prefeitura, é aumentar a cobertura vacinal contra o sarampo, em Vitória, impedindo que o vírus entre e circule na cidade.

A primeira parte da ação aconteceu nesta quarta-feira (15) nos hotéis Nobile Suítes, Ibis e Bristol localizados nos bairros Camburi e Praia do Canto.

A secretária de Saúde de Vitória, Thaís Cohen, ressalta que essa é uma medida de prevenção para evitar surtos da doença na capital.

“Apesar de o último caso registrado de sarampo em Vitória ter acontecido em 2013 e ter sido um caso importado, estamos atentos aos casos confirmados da doença em estados próximos ao Espírito Santo, como Rio de Janeiro e São Paulo. Por isso nosso trabalho neste momento será proteger aqueles que possam ter contato com o vírus presente em outros locais”, declara.

Doença

O sarampo é uma doença infecciosa e contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbitos, principalmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias.

Vacinação

A imunização em Vitória pode ser feita em 28 unidades de saúde: Andorinhas, Ilha das Caieiras, Maruípe, Praia do Suá, República, Resistência, Santa Luiza, Santo André, Santo Antônio, Vitória/Parque Moscoso, Alagoano, São Pedro V, Bairro da Penha, Quadro, Grande Vitória, Consolação, Ilha de Santa Maria, Ilha do Príncipe, Jabour, Jesus de Nazareth, Maria Ortiz, Santa Martha, São Cristóvão, Forte São João, Jardim Camburi, Jardim da Penha, Conquista e Itararé.

Imunização do sarampo é feita de acordo com a idade:

Bebês:

– 12 meses: na vacina tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola)

– 15 meses: na vacina tetra viral (2ª dose contra sarampo, caxumba, rubéola e 1ª dose contra varicela)

Crianças e adultos:

- Idade de 1 a 29 anos: duas doses

- Idade entre 30 e 59 anos: uma dose

Em Vitória, segundo a prefeitura, a cobertura vacinal para sarampo é de 67% na faixa etária de 1 ano.